PT consegue manter PCdoB que indicará advogado vice de Alex

Deputado Amarildo Cruz, Alex e Mario Fonseca
Deputado Amarildo Cruz, Alex e Mario Fonseca

O PT conseguiu manter o PCdoB como aliado para as eleições 2016 em Campo Grande. Os comunista irão indicar o candidato a vice pra compor a chapa que será liderada pelo vereador Marcos Alex. Os comunistas confirmaram na noite desta terça-feira (2) que ficarão na composição que seria inicialmente a chamada “Frente das Esquerdas”. Dentre os históricos que em geral acompanhavam os petista em Mato Grosso do Sul, como pelo Brasil, o aliado, com a não concretização da Frente, também cogitou ir apoiar a reeleição do prefeito Alcides Bernal, como fez o PDT, que abandonou posição, mas que em outro caminho totalmente diferente, acabou se coligando com o adversário e carrasco petista, PSDB, para apoiar a candidata tucana.

A direção municipal do PT fechou aliança com o PC do B, na noite de ontem, lançando o presidente estadual da legenda, o advogado Mário Fonseca, como candidato a vice de Alex do PT. Os dois partidos de esquerda ainda buscam novos aliados para fechar a coligação ante as anteriores negociações pela Frente que sucumbiu, como o Página Brazil publicou na segunda-feira (1º), que tinha as siglas já citadas e ainda o PSTU e PSOL, que ambos já lançaram seu candidatos ao pleito. Havia ainda, como se cogitou, a participação da Rede Sustentabilidade no grupo. Fonseca acredita que ainda pode chegar novos partidos nesta coligação, até o final das convenções.

A presidente municipal do PT, Maria Rosana, ratificou que além de companheiros históricos, cada eleição é diferente, levando as conversas, que há tempos vinham sendo feitas ou desenvolvidas diante a proximidade da luta nacional contra o Impeachment, que o PCdoB tem sido um dos maiores combatentes, bem como pela realidade local. “Há vários dias os dois partidos estavam conversando, na composição da Frente e entre nós para uma parceria tanto na chapa majoritária, como na de vereadores. Este acordo foi selado ontem no final do dia. Chegamos a um entendimento e nada melhor do que o aliado indicar o vice do nosso pré-candidato a prefeito”, explicou.

Já o líder comunista e agora candidato, Mário Fonseca afirmou que se concretizou o que já havia nas lutas e muitas conversas sobre o pleitos eleitoral da Capital, como seguindo as composições nacional já realizadas entres os dois partidos. “Fechamos o que já estávamos conversando e agora entramos na campanha em si. A partir de agora passo a acompanhar o Alex nos eventos e reuniões políticas, assim como as lideranças e eventuais candidatos do PCdo B. Estamos felizes por esta parceria com o PT, vamos conversar com a população e levar as bandeiras da esquerda”, apontou o advogado que foi candidato a deputado federal nas eleições de 2014.

FoncecaDiscurso

Fonseca já aproveita para falar e discursar sobre Campo Grande, como o Brasil ‘vive uma crise política’ e que esta chapa vai propor uma cidade mais ‘democrática’ e participativa, com projetos em vários segmentos, como saúde, educação e mobilidade urbana. “Vamos defender também os direitos das pessoas mais vulneráveis e melhorar os serviços públicos. A crise nacional não afetou apenas a esquerda e sim toda a classe política, mas que a eleição também vai servir para debater o tema e mostrar as propostas. O foco será as questões de Campo Grande, mas também uma oportunidade para conversar com a população e esclarecer nossas bandeiras políticas”, declarou.

O PC do B estará na chapa de vereadores com o PT, lançando 16 candidatos a vereador.
O PT realiza convenção oficial no dia 5 de agosto, no período da manhã, em Campo Grande.

Comentários

comentários