PSB sinaliza com candidatura própria à Prefeitura de Dourados, ano que vem

O comando do PSB sinaliza com a possibilidade de candidatura própria à sucessão do prefeito de Dourados, Murilo Zauith, principal liderança do partido em Mato Grosso do Sul, nas eleições do ano que vem.

Barbosinha discursa durante o ato (Foto: Marcos Santos)
Barbosinha discursa durante o ato (Foto: Marcos Santos)

De olho no cargo também estão o deputado federal Geraldo Resende (PMDB), o ex-deputado federal Marçal Filho (PSDB) e a vereadora Délia Razuk (PMDB), que deve anunciar em breve a sua filiação ao PR do ex-deputado estadual Londres Machado.

Esse encaminhamento foi tomado no último sábado, durante ato de filiação de lideranças comunitárias, empresariais e educacionais promovido pelo Diretório Municipal do partido. A intenção é compor uma forte chapa na disputa por cadeiras na Câmara de Vereadores a partir dessas adesões.

Durante o ato político, o nome mais lembrado para concorrer ao cargo foi o do deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha.

Barbosinha desponta como o pré-candidato de consenso no grupo político liderado pelo deputado estadual Zé Teixeira (DEM), composto por lideranças importantes como o próprio prefeito Murilo e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

O discurso de Barbosinha durante o encontro do PSB foi de candidato da situação. “Nosso partido vem muito forte para as eleições municipais e vamos aumentar consideravelmente nossa bancada na Câmara Municipal, onde já tempos os vereadores Sérgio Nogueira e Maurício Lemes”, enfatizou o deputado. “Além disso, temos que mostrar para a população que nossa cidade está enfrentando a atual crise econômica e superando os desafios que atingem a quase totalidade dos municípios brasileiros graças aos enfrentamentos que o prefeito Murilo fez no início do seu governo”, completou.

“Dourados tem sido notícia positiva na mídia nacional, seja pelo se desenvolvimento ou pela sua gestão fiscal, porque o Murilo teve coragem de fazer os ajustes necessários nos primeiros anos de governo”, concluiu Barbosinha.

Murilo apontou que Dourados tem hoje mais de 100 obras importantes em andamento e lembrou que nem mesmo com a crise econômica e arrocho fiscal imposto pelo governo federal os projetos foram interrompidos.

“As últimas pesquisas revelam que a população está entendendo nossos esforços para superar as adversidades e já reconhece melhorias em setores fundamentais como a saúde, trânsito e educação”, apontou Murilo. Ele lembrou ainda que Dourados presta atendimento para mais de 40 municípios na área da saúde e tem bancado a maior parte dos serviços mesmo com os atrasos nos repasses por parte do governo do Estado e da União.

Em relação às filiações, o prefeito Murilo afirmou que o mais importante para o PSB no momento é receber novas lideranças, pessoas preparadas e preocupadas em fazer política pensando na sociedade. “O eleitor está cansado das mesmas caras na política, de forma que as novas lideranças terão um papel importante nesse momento de renovação”, analisou Murilo, citando como exemplo de gente nova na política o deputado estadual Barbosinha, que está no primeiro ano de mandato e, segundo o prefeito, “tem potencial para fazer a diferença nas eleições municipais de 2016”.

Para o vereador Sérgio Nogueira o ingresso de novos nomes no PSB municipal é fundamental na preparação do partido para a disputa em 2016. “Temos o Murilo na prefeitura e os resultados positivos da sua gestão comprovam que o PSB governa para transformar para melhor a vida das pessoas”, ressaltou.

“Com a chegada dos novos filiados estamos escre-vendo um novo livro e não um novo capítulo na história do PSB em Dourados, mesmo porque são nomes comprometidos com os ideários da nossa legenda”, completou.

Na visão do vereador Madson Valente (DEM), o fortalecimento do PSB com vistas às eleições municipais de 2016 é importante para o grupo político que está construindo um projeto ainda melhor para Dourados. “Tenho certeza que o Democratas, liderado pelo deputado Zé Teixeira, e o PSB, encabeçado pelo deputado Barbosinha, vão agregar as demais legendas progressistas da cidade para dar continuidade aos projetos iniciados no governo Murilo”, analisou Madson. “Um exemplo disso é a zona rural e os distritos de Dourados que nunca receberam de um governo tanta atenção quanto rece-bem hoje com o prefeito Murilo”, completou.

O professor Cláudio Freire, um dos históricos do PSB em Mato Grosso do Sul, destacou que a legenda vive um mo-mento importante no cenário nacional e estadual. “Com todos esses escândalos políticos que ocorrem e envolvem lideran-ças, partidos e empresários ligados ao governo, o PSB se consolida como uma agremiação política onde a qualidade dos seus quadros vale muito mais que a quantidade”, ressaltou.

“Essa realidade também se confirma em Dourados, onde nossa legenda tem cerca de 700 filiados, a maioria absoluta comprometida em fazer política pensando no bem comum e não nos projetos pessoais”, afirmou.

O presidente do Diretório Municipal do PSB, Aparecido Dias Duarte, o Cidão, destacou a filiação das novas lideranças e deixou claro que o partido está fortalecido para 2016.

“Muitos desses nomes que estão chegando agora vão compor nossa chapa de vereadores, mas a maioria ingressa na legenda para fortalecer o grupo político e trabalhar, junto com o PSB, pela melhoria da qualidade de vida das pessoas”, completou. Além de Cidão, a Executiva Municipal é formada ainda pelo vice-presidente Eduardo Otávio Marcondes, pelo secretário-geral Donizete Capilé, pelo primeiro-secretário Cláudio Freire, pelo segundo-secretário José Roberto Mattos, pelo primeiro-tesoureiro Odair de Oliveira Santos e pelo segundo-tesoureiro Rogério Yuri.

Com informações de O Progresso 

Comentários

comentários