Próxima safra de soja de MS já tem 19,94% de venda antecipada

Boletim Casa Rural da Famasul estima safra em 7,2 milhões de toneladas.Da safra atual, 81,77% já foi comercializado pelos produtores.

A safra 2016/2017 de soja ainda nem começou a ser cultivada, já que janela para plantio será aberta somente a partir do dia 15 de setembro, após o fim do vazio sanitário da cultura, mas 19,94% da produção já foi comercializada antecipadamente pelos produtores de Mato Grosso do Sul.

Próxima safra de soja de MS já tem quase um quinto da produção vendida (Foto: G1)
Próxima safra de soja de MS já tem quase um quinto da produção vendida (Foto: G1)

A informação é do mais recente boletim Casa Rural, da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária do estado), que aponta uma estimativa inicial de produção para o próximo ciclo de 7,2 milhões de toneladas.

Em relação ao ciclo atual, safra 2015/2016, o boletim destaca que de 7,4 milhões de toneladas colhidas, 81,77% já foi vendido pelos produtores. O restante permanece armazenado.

De acordo com as informações do Sistema Famasul, na primeira semana de agosto foi registrada uma alta nas cotações da soja na bolsa de Chicago, nos Estados Unidos, que é um dos balizadores para o mercado internacional.

Conforme o boletim, neste início de mês, dois contratos voltaram ao patamar dos US$ 10 o bushel (unidade de volume que corresponde aproximadamente á 27,21 quilos). O contrato com vencimento em agosto de 2016 encerrou o período com valorização de 2,28% e cotado a US$ 10,19 por bushel. Os de setembro e novembro de 2016 apresentaram o mesmo comportamento, subindo 2,04% e 2,44%, respectivamente, com o bushel cotado a US$ 10,01 e US$ 9,85.

Já o contrato de janeiro de 2017 subiu 2,36% e fechou o período cotado a US$ 9,85.

Comentários

comentários