Proprietário rural sai para trabalhar e é encontrado morto após dois dias no Pantanal

O proprietário rural de Coxim Noé Alcides C. Filho, de 45 anos, também conhecido como Kiko, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (3), na Fazenda Campo Alegre, na região do Pantanal em Corumbá.

Noé Alcides C. Filho foi encontrado morto nesta segunda-feira - Foto: Arquivo Pessoal
Noé Alcides C. Filho foi encontrado morto nesta segunda-feira – Foto: Arquivo Pessoal

Segundo a família, na tarde do sábado (1º) Nóe deixou a sede da fazenda para tratar dos búfalos que cria na propriedade e não voltou mais. A esposa dele, que mora em Coxim, registrou o desaparecimento na Delegacia de Polícia Civil.

Segundo o site ediçãoms, como a região é de difícil acesso, o Corpo de Bombeiros só conseguiu chegar ao local de avião nesta segunda-feira. Após algumas horas de busca, os militares encontraram Nóe morto sendo arrastado pelo cavalo, a aproximadamente 3 quilômetros da propriedade.

Peritos do Núcleo Regional de Perícias de Coxim também foram até a fazenda para averiguar a causa da morte. As principais suspeitas são de que Nóe tenha sofrido um mal súbito ou tenha se machucado durante a lida com os animais.

O corpo será trazido para Coxim e velado na Pax São Marcos. Noé é irmão da secretária de assistência social de Coxim, Mônica Moura Costa Cotini.

A família ainda não confirmou os horários do velório e sepultamento.

Comentários

comentários