Proprietário derruba madeira protegida e é multado em mais de R$ 11 mil

Um proprietário de um lote foi autuado por desmatamento e exploração de madeira protegida por lei, na tarde ontem (25), durante fiscalização ambiental no assentamento rural Sumatra, localizado no município de Bodoquena, 266 km de Campo Grande.

De acordo com a Polícia Militar Ambiental, o infrator havia desmatado uma área de vegetação equivalente a cinco hectares. Além disso, o homem havia derrubado cerca de 20 árvores da espécie Aroeira, que por lei é protegida, sem autorização ambiental. As madeiras resultantes da exploração ilegal e das árvores derrubadas foram apreendidas e as atividades paralisadas.

Ainda conforme a PMA, o infrator, de 42 anos, reside em Bodoquena e foi autuado administrativamente e multado em R$ 11.500,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de um a dois anos de reclusão.

O IBAMA proíbe o corte da “aroeira” e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.

Comentários

comentários