"Proposta de comissão processante deve ser sepultada definitivamente", diz Olarte

Em entrevista ao programa Tribuna Livre, da Capital FM, e ao portal Página Brazil, o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), afirmou que espera que “a proposta de Comissão Processante, proposta pelos vereadores Alex do PT, Thaís Helena (PT) e Luísa Ribeiro (PPS) seja sepultada definitivamente”.

Segundo o prefeito, em conversa com o presidente da Câmara Munipal, Mário César (PMDB), na tarde desta quinta-feira (18) “fui informado que por questões jurídicas, a proposta de abertura da comissão processante não será votada na terça-feira e deve ficar para julho. Assim, esperamos que o enfraquecimento das teses da oposição que propôs a abertura de uma comissão para o impedimento, a proposta perca ainda mais a força e nós possamos sepultá-la definitivamente”, afirmou Olarte.

Ainda durante a entrevista, o prefeito anunciou que o lançamento do sistema de videomonitoramento da região central de Campo Grande, que inicialmente contará com pouco mais de vinte câmeras, foi uma vitória do secretário municipal de segurança Valério Azambuja, que resgatou uma verba que já estava praticamente perdida” e acrescentou que “em parceria com a iniciativa privada, o sistema será ampliado, incluindo os sistemas particulares existentes para aumentar a segurança na capital. “A bandidagem vai ter que ficar esperta agora porque o sistema vai permitir que nós não apenas identifiquemos os criminosos, como também produzir provas contra as ações criminosas na capital”.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários