Projeto Florestinha comemora 24 anos atendendo 500 crianças em situação de risco

sem-titulo-3-672x372Esta semana o Projeto Florestinha, programa de acolhimento e de educação ambiental da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, está completando 24 anos, com 500 atendimentos de crianças e adolescentes em vulnerabilidade social, em sete municípios do Estado.

Criado inicialmente para minimizar problemas ambientais na reserva ambiental do Jardim Presidente, em Campo Grande, o projeto desenvolvido através da Polícia Militar Ambiental é hoje referência em acolhimento e encaminhamento de jovens carentes e em situação de risco, bem como na multiplicação da educação ambiental.

No ano passado as crianças do Projeto Florestinha levaram orientações de educação ambiental e preservação da natureza a 11.862 alunos das escolas de Mato Grosso do Sul e de acordo com a sargento Eveny Cristiane Lino Parrela, que é subcoordenadora do Projeto, este ano o número de atendimentos irão superar os 20 mil.

Comentários

comentários