Programação da Homenagem ao Poeta Manoel de Barros será lançada na 10ª Primavera de Museus

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Em celebração aos 100 anos do nascimento do poeta, o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação e da Fundação de Cultura, realiza o projeto “Homenagem ao Poeta Manoel de Barros no Centenário de seu Nascimento”.

O lançamento da programação desta homenagem acontece na próxima terça-feira(20), no Museu de Arte Contemporânea (MARCO), às 19h, durante a abertura oficial da Primavera dos Museus. Será lançado também o Concurso “Desenho verbal da imagem – Centenário do Poeta Manoel de Barros”. Destinado a estudantes do ensino médio, da rede estadual de ensino de Mato Grosso do Sul, a iniciativa pretende revelar o pensamento, a sensibilidade e a criatividade dos jovens sul-mato-grossenses a partir da poesia “O menino que carregava água na Peneira”, de Manoel de Barros.

A presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Andréa Freire, enfatiza que durante cem dias haverá uma série de atividades para crianças, jovens e adultos envolvendo várias linguagens artísticas. “A melhor forma de comemorar é aproximar a sociedade da sua obra que tanto orgulha todos nós, sul-mato-grossenses”.

A 10ª Primavera dos Museus

A “10ª Primavera dos Museus” deste ano terá o tema “Museus, Memória e Economia da Cultura”. Como de costume, a edição 2016 da Primavera dos Museus acontece no início da estação homônima, quando museus brasileiros são convidados pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) a desenvolver uma programação especial em torno do tema sugerido, chamando a comunidade a refletir, discutir e trocar experiências sobre ele.

O tema escolhido para este ano destaca o importante papel social desempenhado pelos museus na promoção de trocas simbólicas, culturais, de saberes e de experiências, assim como sua contribuição para a dinamização da cadeia produtiva da cultura de modo sustentável. “Essa é uma atividade muito importante para o nosso Estado. Os museus são espaços para o compartilhamento de experiência e a Primavera dos Museus tem a função de consagrar esse espaço de integração entre o passado, o presente e a construção do futuro”, ressaltou o secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, Renato Roscoe.

Os objetivos da Primavera dos Museus são promover, divulgar e valorizar os museus brasileiros; aumentar o público visitante e intensificar a relação dos museus com a sociedade. Os resultados já obtidos com eventos anteriores são o aumento médio de 18% ao ano da participação dos museus desde a primeira edição e o aumento de 21% ao ano no número de eventos cadastrados.

A 1ª Primavera dos Museus ocorreu em 2007, com 300 museus inscritos e 874 eventos. Em 2014, sua 8ª edição contou com a participação de 761 museus e 2.436 atividades.

Em Mato Grosso do Sul participam 55 instituições museológicas de 25 municípios, entre eles Amambai, Aquidauana, Bela vista, Caarapó, Campo Grande, Corumbá, Coxim e Dourados. A abertura oficial acontece em Campo Grande no dia 20 de setembro, próxima terça-feira, às 19 horas, no Museu de Arte Contemporânea, com a exibição do vídeo “Cultura e Museus nas cidades criativas”, da economista Ana Carla Fonseca; o lançamento da programação em “Homenagem ao poeta Manoel de Barros no centenário de seu nascimento”; o lançamento do Edital “Desenho Verbal da Imagem”, a apresentação Poética “O retrato do artista quando coisa”, do Grupo Teatral Casa e apresentação de Danças Urbanas com a coreografia “Terra de Ninguém”, do Armazém 67.

No dia 21, às 19 horas, acontece no Museu da Imagem e do Som a palestra “Linguiça de Maracaju: aspectos culturais e econômicos para além do município”, com a professora Daniela Garcia Corrêa de Assis e a participação dos convidados Gerson e Gilson Marcondes, da família criadora da linguiça de Maracaju.

A programação geral dos museus participantes em MS se encontra disponível no sitehttp://guiadaprogramacao.museus.gov.br/ .Todos os eventos da 10ª Primavera dos Museus são abertos ao público e gratuitos.

Comentários

comentários