Professora de escola católica é presa acusada de ter feito sexo com aluno

Segundo as autoridades, o estudante envolvido no caso tem 17 anos e as relações teriam ocorrido várias vezes ao longo do mês de maio deste ano

Uma professora de história foi presa na quinta-feira (09) por ter tido relações sexuais com um aluno, no estado de New Jersey, nos Estados Unidos. Fatima Grupico, de 24 anos, lecionava em uma escola católica a Cardinal McCarrick High School.

Fatima Grupico, de 24 anos, que lecionava na escola católica Cardinal McCarrick, é acusada de ter se relacionado com aluno de 17 anos. Foto: Divulgação

Segundo as autoridades, o estudante envolvido no caso tem 17 anos e as relações teriam ocorrido várias vezes ao longo do mês de maio deste ano. A professora será processada por assédio sexual e por colocar em risco o bem-estar de uma criança. A denúncia teria partido da direção da própria escolas à polícia. Fatima está sob custódia da polícia de Nova Jersey, aguardando fiança.

A Cardinal McCarrick High School foi fechada no fim do ano letivo no país, que é em junho, por problemas financeiros da Diocese local. A imprensa norte-americana informou que essa seria a 11ª escola católica da região a fechar por este motivo desde 2009.

Fonte: NBC/Terra

Comentários

comentários