Produção industrial tem queda de 0,8% em março

Com o resultado de março de 2015, a produção industrial encontra-se 11,2% abaixo do nível recorde alcançado em junho de 2013. (Foto: Marcelo Camargo)
Com o resultado de março de 2015, a produção industrial encontra-se 11,2% abaixo do nível recorde alcançado em junho de 2013. (Foto: Marcelo Camargo)

A produção industrial nacional caiu 0,8% em março de 2015, em comparação a fevereiro, na série com ajuste sazonal, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O ajuste sazonal ocorre quando os técnicos descontam o aumento das vendas de produtos em feriados ou datas comemorativas.

Na série sem ajuste sazonal, em relação a março de 2013, a indústria recuou 3,5%, 13ª taxa negativa consecutiva na comparação mensal com os 12 meses anteriores. Em março de 2015, a indústria voltou a mostrar menor ritmo produtivo. Isso ocorreu não só porque houve uma segunda queda consecutiva em relação ao mês anterior, mas também em razão do perfil disseminado de taxas negativas: todas as grandes categorias econômicas e a maior parte das atividades apontaram redução na produção.

Com o resultado de março de 2015, a produção industrial encontra-se 11,2% abaixo do nível recorde alcançado em junho de 2013.
A redução da atividade industrial de fevereiro para março ocorreu em razão dos seguintes fatores: os veículos automotores, reboques e carrocerias apresentaram redução de 4,2%; a produção de máquinas e equipamentos também recuou 3,8%; houve queda de 8,1% na produção de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos; a fabricação de bebidas teve diminuição de 4,9% e a produção de borracha e de material plástico apresentou redução de 4,2%.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

comentários