Produção industrial brasileira cai 1,3% e tem pior setembro desde 2002

A produção industrial brasileira registrou queda de 1,3% em setembro na comparação com agosto, pior resultado para o mês desde 2002, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quarta-feira (4).

Produção industrial tem queda (Foto: Shutterstock)
Produção industrial tem queda (Foto: Shutterstock)

É a quarta baixa seguida.

Na comparação com setembro de 2014, a produção caiu 10,9%, pior resultado desde abril de 2009.

A série histórica começou em janeiro de 2002, mas a comparação anual só pode ser feita a partir de 2003.

É a 19ª queda consecutiva.

As expectativas em pesquisa da agência de notícias Reuters com economistas eram de queda de 1,5% na variação mensal e de 11,4% na base anual.

No acumulado dos últimos 12 meses, houve recuo de 6,5%.

Indústria automotiva tem segunda queda seguida

Houve redução da produção em 15 dos 24 ramos da indústria pesquisados pelo IBGE. O pior resultado foi o da indústria automotiva, com queda de 6,7% no mês, em relação a agosto.

Foi a segunda queda seguida da setor, que ainda é afetado por férias coletivas concedidas a funcionários de montadoras.

As indústrias de máquinas e equipamentos (-4,5%), roupas e acessórios (-4,2%) e metalurgia (-3,1%) também tiveram quedas importantes.

Com Informações Reuters

Comentários

comentários