Presidente e ex-presidente da Câmara são levados a depor no Ministério Público

O presidente da Câmara de Vereadores de Rio Brilhante, Sérgio Carlos Martins Rigo (Pros) e o ex-presidente da Casa, o vereador Dejair Gomes (Pros), o Totinha, foram levados por policiais do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) para a sede do Ministério Público Estadual.

Veículo do Gaeco estacionado em frente a Câmara de rio Brilhante - Maykon Brites/Rio Brilhante em Tempo Real
Veículo do Gaeco estacionado em frente a Câmara de rio Brilhante – Maykon Brites/Rio Brilhante em Tempo Real

Segundo o site Dourados News, informações preliminares apontam que além deles, outros dois vereadores, Giancarlo Mariano da Rocha (PPS) e Aguinaldo Lima Pereira (PPS), também estariam na sede do órgão no município.

Pelo menos 30 policiais e promotores de Justiça estiveram em ação desde as 6h desta quarta-feira na residência dos edis e na sede do Legislativo de Rio Brilhante.

Segundo o MPE, os policiais cumprem aos mandados de busca e apreensão de coisas e documentos na Câmara Municipal, além da condução coercitiva dos legisladores citados.

A operação tem ligação com as investigações do órgão por conta do uso de dinheiro público para o pagamento excessivo de diárias no local.

As investigações começaram em julho do ano passado, após denúncia anônima que chegou a sede do MPE. As ações tiveram início em 2013, quando Totinha era o presidente da Casa.

Comentários

comentários