Presidente do Real Madrid confirma demissão de Carlo Ancelotti

Após dois anos no Real Madrid, Ancelotti vai passar a bola para outro treinador Foto: Reuters
Após dois anos no Real Madrid, Ancelotti vai passar a bola para outro treinador Foto: Reuters

A passagem de Carlo Ancelotti pelo Real Madrid chegou ao fim. Em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira, o presidente do clube, Florentino Pérez, anunciou a demissão do treinador – que pouco antes havia sido comunicado da decisão.

– Ancelotti fez parte de nossa história, pois foi com ele que ganhamos a Décima (Liga dos Campeões). Mas, no Real Madrid, a exigência é máxima, e achamos que este momento é para dar um impulso que nos permita conquistar novos títulos e alcançar no máximo nível competitivo numa nova etapa – explicou Pérez.

Rafa Benítez, do Napoli, é considerado o favorito para assumir o Real na próxima temporada, com Unai Emery, do Sevilla, também cotado – segundo Pérez, o anúncio do novo treinador acontecerá na próxima semana. Por outro lado, Ancelotti, apesar do interesse do Milan, já anunciou que, caso deixe o clube merengue, irá passar um ano sabático. Ele tinha contrato até junho de 2016.

Apesar da saída de Ancelotti, Florentino Pérez preferiu não considerar o treinador o culpado por uma temporada sem títulos de expressão. O presidente minimizou ainda a alta rotatividade no cargo – são nove técnicos em 12 anos – e citou outros clubes que trocaram o comando há pouco tempo.

– Não há um culpado. O cargo de treinador é um cargo que está sujeito à convivência permanente, sofre com o tempo. No Real houve muitos treinadores, mas assim acontece em outros clubes, como Barcelona, Atlético de Madrid, Chelsea, Bayern de Munique, Juventus… – argumentou o dirigente.

A saída de Ancelotti não foi unanimidade no clube. Na vitória sobre o Getafe, no último sábado, os torcedores ovacionaram o treinador no Santiago Bernabéu, no que seria sua despedida. Cristiano Ronaldo, inclusive, postou uma foto com o italiano nas redes sociais, rasgando elogios.

– Grande treinador e pessoa fantástica. Espero que trabalhemos juntos na próxima temporada – escreveu o craque português.

Após dois anos no comando do Real, Ancelotti deixa o clube com o título da Liga dos Campeões, além de uma Copa do Rei, uma Supercopa da Europa e um Mundial de Clubes. Entretanto, o fato de ter passado a última temporada sem um título de expressão pesou na decisão do clube.

globoesporte.com

Comentários

comentários