Presidente da ACICG: “Funcionário estadual se tornou um cliente mais VIP ainda”

“Se o servidor estadual já era um cliente VIP, se tornou um cliente mais VIP ainda, porque é um cliente VIP com dinheiro”, diz presidente da ACICG, João Carlos Polidoro da Silva Foto: Silvio Ferreira

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), João Carlos Polidoro da Silva, comemorou o anúncio do governo do Estado de pagar as folhas salariais de novembro, o 13º salário e a folha de dezembro dos servidores estaduais, respectivamente, nesta terça-feira (01/11), no dia 8 de dezembro e no dia 4 de janeiro (primeiro dia útil de 2016). De acordo com o presidente da ACICG, “o funcionário público estadual, que já é um cliente VIP para nós, se tornou um mais VIP ainda, porque é um cliente VIP com dinheiro”, considerou.

“A gente tem percebido – até pela própria Black Friday, quando aconteceu um burburinho de vendas, mas não foi o esperado, como o do ano passado. A gente esperava um pouco mais, mas foi um bom dia de vendas. O nosso consumidor está sem dinheiro e está cauteloso com relação a fazer contas para o futuro. Já o nosso funcionalismo público vai ter esse dinheiro, vai estar circulando. Campo Grande deve ter a metade desses R$700 milhões que serão as duas folhas de 13º e a folha de salários circulando por Campo Grande e isso vai fazer toda a diferença para o comércio de Campo Grande.

Questionado se esforços pontuais como “Black Friday” e “Black Week” e etc – realizados pelo comércio para estimular o consumidor a voltar às compras em um momento de recessão econômica – têm sido suficientes para alavancar às vendas ou as expectativas com relação às compras de Natal são tímidas, o presidente da ACICG declarou:

“São esforços que todos estão fazendo. As empresas estão pressionadas porque elas têm compromissos a pagar, têm impostos a pagar, tem folha de pagamento pra pagar e estão sem caixa e sem venda. Então, toda promoção é no sentido de buscar vender para ter dinheiro para pagar esses compromissos”, argumentou.

Sobre promoções especiais como “Black Friday”, “Black Week” e outros, Polidoro considerou que “esses esforços têm valido à pena, porque trouxeram bons dias de vendas. Tanto na sexta, no sábado, como no domingo, aconteceram vendas, só que – principalmente nas vendas presenciais, que são as vendas nas lojas – aconteceram vendas menores do que a gente esperava. Mas aconteceram bons dias de vendas, coisas que a gente não via há mais de 60 dias. Então, isso dá um ânimo para o comércio, para o empresário, que vendeu produtos que estavam parados há muito tempo no estoque, para que ele possa fazer um novo estoque para vender no Natal”.

O presidente da ACICG informou ainda que o comércio continua o esforço do comércio para resgatar o acesso ao crédito de clientes que estavam com o nome negativado, através da renegociação de dívidas:

“Pesquisas realizadas agora demonstram que quem vai receber o 13º se propõe em primeiro lugar, pagar às contas, o que está devendo. Isso é extremamente importante, porque isso devolve um dinheiro que falta no fluxo de caixa das empresas. E isso acontecendo também dá um fôlego para o empresário para que eles invistam mais ainda no comércio, para trazer promoções, produtos tudo mais, para atender a esse consumidor”, concluiu.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários