Prefeitura promove Cidade da Solidariedade de 22 a 26 de agosto

Nas comemorações dos 116 anos da cidade, Campo Grande vai sediar o maior evento de solidariedade jamais visto até hoje: a “Cidade da Solidariedade”, uma iniciativa da Prefeitura de Campo Grande e da TV Morena que tem como objetivo de arrecadar doações para entidades e pessoas carentes na Capital. O evento, realizado entre 22 e 26 deste mês, vai acontecer no espaço mais versátil de Campo Grande, a Cidade do Natal, nos Altos da Afonso Pena e também oferecerá entretenimento gratuito para a população.

Evento acontece de 22 a 26 de agosto nos Altos da Afonso Pena
Evento acontece de 22 a 26 de agosto nos Altos da Afonso Pena

Durante os cinco dias de evento, serão aceitas doações de roupas, alimentos não perecíveis, cobertores, agasalhos, material de higiene pessoal etc, que serão separados em kits e direcionados para entidades filantrópicas e pessoas em situação de vulnerabilidade. Para a primeira-dama e presidente de honra do Fundo de Apoio à Comunidade (FAC), Andreia Olarte, a “Cidade da Solidariedade” comemora o aniversário da cidade de uma forma diferente.

“Já tivemos festas, entregas de obras, ordens de serviços, tudo isso para comemorar os 11 anos. Mas também queremos fazer diferente e provar que o campo-grandense é conhecido por sua solidariedade. Este evento é a cara da cidade”, destaca Andreia Olarte. Todas as doações serão separadas e entregues para as entidades que recebem assistência do FAC, que ao longo do ano promove ações sociais permanentes. Portanto, todos os tipos de doações são bem-vindas, desde alimentos, eletrodomésticos, móveis, materiais de construção até utensílios domésticos.

“Outro ponto positivo em nossa participação na programação da ‘Cidade da Solidariedade’ é a divulgação de nosso trabalho, para que na sociedade desperte cada vez mais a indignação com a vulnerabilidade social, para que todos façam sua parte neste processo. Temos mais de 500 famílias cadastradas esperando por gestos de solidariedade”, reitera a primeira-dama.

O evento

Além dos estandes para recebimentos das doações, a “Cidade da Solidariedade” contará com Praça de Alimentação sortida, na qual a renda também será revertida para as entidades assistenciais. Também serão promovidos shows, atividades para as crianças, atrações culturais e exposição de carros antigos. Até agora, 11 entidades já foram confirmadas para participar do evento – o Asilo São João Bosco, por exemplo, terá um bazar durante os cinco dias do evento.

A programação também conta com a participação de parceiros, tais como a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), que estará na “Cidade da Solidariedade” com os serviços de aferição de pressão, escovação, orientações de prevenção de DST/ AIDS, distribuição de preservativos, aconselhamento e o teste rápido de HIV. Haverá também demonstração de ações preventivas no combate à dengue. Já a Fundação Municipal de Cultura cuidará dos shows. O Fundo de Apoio à Comunidade (FAC) terá um espaço para arrecadação de doações e divulgação das suas ações.

Comentários

comentários