Prefeitura decreta situação de emergência após chuva de granizo

A prefeitura da cidade de Iguatemi, distante 466 quilômetros de Campo Grande, decretou estado de emergência, depois da chuva de granizo que caiu ontem (7) e deixou rastro de destruição.

Granizo em frente ao portão da residência (Foto: Arquivo Pessoal)
Granizo em frente ao portão da residência (Foto: Arquivo Pessoal)

Por conta dos estragos provocados pelo fenômeno natural, alguns comércios não foram abertos e não há aulas nas escolas municipais nesta terça-feira (8).

O prefeito da cidade, José Roberto Arcoverde (PSDB), apontou que a intensa queda de pedras de granizo danificaram carros, antenas parabólicas, placas solares e telhados das casas. “Está sendo um transtorno muito grande”, declarou. Em critério de emergência, foram distribuídas lonas para serem colocadas sobre as residências.

Algumas casas foram destelhadas e famílias ficaram desabrigadas. Por conta dos trabalhos, algumas escolas ficarão sem aulas amanhã, para que os professores e pais dos alunos possam realizar os consertos nas casas. “Amanhã vamos saber como está o clima”, lembrou o prefeito.

Comentários

comentários