Prefeitura da Capital vai sortear 111 vagas para ambulantes em terminais

A Prefeitura de Campo Grande começou o recadastramento dos vendedores ambulantes que ficam nos nove terminais de ônibus na Capital. No total devem ser recadastrados 111 trabalhadores.

As inscrições começam no dia 18 na sede da Agetran
As inscrições começam no dia 18 na sede da Agetran

O recadastramento começa no dia 18 de janeiro na sede da Agetran(Agência de Transporte e Trânsito de Campo Grande) localizada na Avenida Gury Marques, 2395, no Bairro Universitário,em Campo Grande. Os interessados devem ir ao local das 8h às 11horas e das 13h às 16horas para realizar a inscrição.

Segundo a Agetran, as vagas serão distribuídas nos nove terminais por período- 05h às 11h; das 11h às 17h e das 17h às 23h cada inscrito deverá concorrer para apenas um único período/turno.

No Terminal Guaicurus serão três vagas por período para ficar em uma plataforma. No total serão nove vagas. No Bandeirantes, são duas vagas por período, em três plataformas. Totalizando 18 vagas. No Aero Rancho são três vagas, em duas plataformas, totalizando 18 vagas também. Já no General Osório são três vagas por período para trabalhar em duas plataformas totalizando 18 vagas. No Nova Bahia, são três vagas para trabalhar em uma plataforma totalizando nove vagas. No terminal Julio de Castilho são três vagas para trabalhar em duas plataformas. Totalizando 18 vagas. Já no Hercules Maymone terá uma vaga para trabalhar em duas plataformas. Totalizando seis vagas. No terminal das moreninhas serão duas vagas por período para trabalhar em uma plataforma no total são seis. No terminal Morenão são três vagas para uma plataforma. Totalizando nove vagas. No total serão 111 vagas. Lembrando que 10% das vagas serão destinados ao idoso e/ou deficiente.

A Agetran informa que as pessoas interessadas devem levar os documentos pessoais cópias autenticadas ou originais e cópia da Cédula de Identidade – RG, Cadastro de Pessoa Física – CPF; Comprovante de residência (Água, Luz, Telefone, DECLARAÇÃO do titular da conta ou do proprietário do imóvel, Certidão de Casamento ou de União Estável), caso esteja em nome do cônjuge ou companheiro; Declaração escrita da efetiva necessidade, expondo fatos e circunstâncias que justifiquem o pedido; Comprovação de idoneidade, com a apresentação de certidões negativas de antecedentes criminais fornecidas pela Justiça Federal, Estadual (incluindo Juizados Especiais Criminais), Militar e Eleitoral e de não estar respondendo a inquérito policial ou a processo criminal, que poderão ser fornecidas por meios eletrônicos; Estar devidamente cadastrado na Secretaria da Fazenda Municipal; VI- Duas fotografias 3X4 recente e colorida; Carteira de saúde atualizada; Laudo médico para os portadores de deficiência; Comprovante de Curso de Manipulação de Alimentos, com Certificado devidamente reconhecido por órgão público, exclusivamente para venda de produtos de gênero alimentício não industrializado (caseiro) de fabricação própria;Alvará da Vigilância Sanitária para venda de produtos de gênero alimentício não industrializado (caseiro).

Comentários

comentários