Prefeito de Camapuã decreta situação de emergência devido ao caos do município

Prefeito diz que assumiu cidade com vários problemas (Foto: Divulgação)

Foi decretado pelo Prefeito de Camapuã, Delano Huber (PSDB), situação de emergência no município por abandono, no âmbito da administração pública municipal. De acordo com o prefeito, as condições dos prédios públicos, ruas, estradas e servidos oferecidos a população estão caóticos.

Delano, que assumiu a administração municipal neste ano, alegou que visitou prédios públicos, bairros e conversou com a população e secretariado para fazer diagnóstico da situação do município.

Conforme assessoria de imprensa da prefeitura, por conta do estado de abandono em que se encontram boa parte dos prédios públicos, das condições precárias e sujeira das ruas e dos relatórios de secretários, Delano decidiu decretar situação de emergência no âmbito da administração pública municipal.

Decreto tem duração de 180 dias, a contar dia 2 de janeiro, e permite que administração municipal possa executar serviços e compras emergenciais.

“A estrutura toda está abandonada, mas o que mais nos preocupa são os postos de saúde, por que quem está doente não pode esperar”, disse o prefeito.

Vários locais estão com água empoçada, que são propícias para a proliferação de doenças, e prédios estão com portas e janelas quebradas, sem segurança.

Prefeito informou ainda que não recebeu a prestação de contas da gestão anterior. “Não sabemos quanto tem no caixa. Não podemos depender disso para começar a agir”, disse Huber.

Comentários

comentários