Prédios públicos de Washington seguem fechados após forte nevasca

Os prédios dos governos federal, estadual e municipal dos Estados Unidos na região de Washington permanecerão fechados nesta terça-feira, à medida que a área ainda tenta se recuperar da forte nevasca do fim de semana. As aulas em muitas escolas públicas e universidades da região também seguem suspensas. Os monumentos nacionais, como o Capitólio e os museus do Instituto Smithsonian (como o museu Aeroespacial e o de História Natural, por exemplo), não abriram as portas.

Funcionário usa uma escavadeira para remover neve próximo do Capitólio dos EUA, em Washington(Alex Wong/Getty Images/AFP)
Funcionário usa uma escavadeira para remover neve próximo do Capitólio dos EUA, em Washington(Alex Wong/Getty Images/AFP)

Grandes cidades da costa leste dos Estados Unidos ainda tentam voltar ao normal após fortes nevascas que produziram 60 centímetros de neve em Nova York e Washington e deixaram 30 mortos – a maioria decorrente de acidentes de trânsito. A histórica tempestade de neve que caiu na sexta-feira e sábado afetou 85 milhões de pessoas, ou seja, 25% da população do país. A nevasca também afetou Estados mais ao sul, como Arkansas, Tennessee, Kentucky, Carolina do Norte, Virginia Ocidental e Virginia.

A tempestade despejou 68 centímetros de neve no Central Park de New York, a segunda maior acumulação da história, de acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia. O Aeroporto Internacional de Newark registrou mais de 71 centímetros, e o Aeroporto Internacional John F. Kennedy recebeu 77,5 centímetros de neve, segundo o serviço de meteorologia.

Apesar de a rotina começar a voltar aos poucos, autoridades têm alertado para que as pessoas não saiam de casa sem necessidade, uma vez que as estradas continuam escorregadias, alguns semáforos e serviços de transporte estão danificados e montes de neve ainda precisam ser retirados das ruas. (Veja)

Comentários

comentários