Preço do botijão de gás chega a R$ 70 com reajuste da Petrobras

Após 13 anos, o botijão de gás de uso residencial subirá o preço. O reajuste começou a vigorar no dia 1º de setembro e torna o produto em média 15% mais caro.

Em 10 dias, os consumidores de Mato Grosso do Sul tiveram três reajustes
Em 10 dias, os consumidores de Mato Grosso do Sul tiveram três reajustes

A medida veio confirmar a informação divulgada em nota pelo Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás).

Segundo a Petrobras, o último ajuste no preço de gás liquefeito de petróleo para uso residencial – o gás de cozinha – ocorreu em dezembro de 2002.

O gás vendido para outros mercados, em vasilhames maiores ou a granel, acompanhou mais de perto os preços internacionais. Já o botijão de 13 quilos, mais popular, vinha sendo subsidiado.

Nos últimos dez dias os consumidores de Mato Grosso do Sul tiveram três reajustes, sendo em função do dissídio coletivo, que resultou em reajustes entre 8% e 10% para os funcionários da categoria e da Petrobras, que corrigiu o valor em 15% na refinaria.

Segundo Neusa de Fátima Borges, presidente do Simpergasc (Sindicato dos Revendedores de Gás de Mato Grosso do Sul), o reajuste da Petrobras terá que ser repassado para o consumidor final. “Fazia tempo que não havia aumentos, só que desta vez eles vieram todos de uma só vez”, comentou.

Em Campo Grande, algumas revendedoras já estão repassado o reajuste para os consumidores. Na revendedora Mirogás, localizada na Vila Bandeirantes, o reajuste foi de 16%, antes o custo do gás era de R$ 59 e agora subiu para R$ 68.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio do botijão de 13 quilos no País era de R$ 46,19 na semana passada. O preço final de venda é livre e sofreu ajustes nos últimos anos de acordo com fatores de custos para os distribuidores e os revendedores.

De acordo com a última pesquisa da agência, em Campo Grande, o botijão é cobrado pela média de R$ 56,32, variando entre R$ 53 e R$ 58.

Comentários

comentários