Portuguesa é presa na fronteira com 2,4 kg de cocaína

Por volta das 10h20 desta quinta-feira (22), uma portuguesa de 41 anos foi presa no Posto Esdras, na fronteira com a Bolívia, levando aproximadamente 2,4 quilos de cocaína em duas mochilas.

Portuguesa disse que já tinha comprador "certo" em seu País
Portuguesa disse que já tinha comprador “certo” em seu País

Segundo o diarionline, A mulher chegou ao Brasil no dia 08 de outubro e há uma semana estava na Bolívia. Nesta noite, ela iria voltar para Portugal com o objetivo de levar a droga para aquele país, onde teria comprador certo e receberia a quantia de 5 mil euros. Ela foi descoberta durante fiscalização rotineira efetuada pela Receita Federal.

“Estranhei a atuação dela e na entrevista demonstrou certo nervosismo, então comecei a vistoriar as malas dela, aí percebi a presença de uma substância que aparentemente indicava cocaína. Pedi apoio da Polícia Federal e com a utilização de um narcoteste foi constatada a presença de possível substância indicando cocaína”, explicou ao , Fábio Lemos, analista tributário que realizou a fiscalização no veículo e na bagagem.

O carro em que se encontrava a mulher era um táxi clandestino boliviano, mas o motorista foi liberado. A mulher, que informou aos agentes da Receita Federal que trabalha em uma rádio em Portugal, iria para Campo Grande para pegar um voo para São Paulo e de lá seguiria para Portugal.

Droga estava dentro de duas mochilas e pesou cerca de 2,4 quilos
Droga estava dentro de duas mochilas e pesou cerca de 2,4 quilos

Presa em flagrante, a portuguesa foi encaminhada à Delegacia de Polícia Federal e será autuada por tráfico de drogas. Se condenada judicialmente, pode pegar de 5 a 15 anos de prisão.

Comentários

comentários