Ponta Porã cria primeiro parque tecnológico do Centro-Oeste

Idealizado desde 2011, o PTIn (Parque Tecnológico Internacional de Ponta Porã) começa a sair do papel.  Depois da elaboração do projeto, uma série de reuniões, debates e apresentações, inclusive em Brasília, e uma visita técnica de uma semana ao Parque Tecnológico de Itaipu em Foz do Iguaçu (PR), o complexo programado para a principal cidade da fronteira sul-mato-grossense com o Paraguai já existe oficialmente, tendo sede provisória, diretoria e nos próximos dias deverá receber da receber da União a área de 55 hectares onde será implantado.

O terreno pertence ao Exército e será cedido para a implantação do PTIn. Conforme o projeto, o Parque Tecnológico Internacional, o primeiro do Centro-Oeste brasileiro, será um espaço de interação da ciência e tecnologia e vai oferecer um ambiente favorável para a inovação visando geração de trabalho, emprego e desenvolvimento socioeconômico.

O PTIn tem apoio da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), Sebrae MS, Prefeitura de Ponta Porã, Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) Fiems (Federação das Indústrias), Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), Embrapa e governo do Estado.

Comentários

comentários