Polícia resgata 500 animais que seriam sacrificados em rituais religiosos

O bode é uma dos animais mais usados em rituais com sacrifício (Imagem ilustrativa: dominiosfantastico/Via TN Online)

Operação da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) realizada nesta quarta-feira (11) após denúncia resultou no resgate de cerca de 500 animais que viviam em condições precárias numa loja em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Galinhas, coelhos e cabras estavam amontoados sem condições adequadas de alimentação e higiene. Os animais eram vendidos principalmente para rituais religiosos e ainda para a alimentação.

De acordo com os policiais, animais vivos conviviam com carcaças em espaços minúsculos.Muitos dos animais estavam ofegantes por causa do extremo calor e, nas dependências, não havia água limpa disponível.

O proprietário da loja pode ser condenado a detenção de três meses a um ano e multa por cometer crime ambiental (Artigos 32 e 60 da lei 9.605/98). Os animais resgatados foram levados para santuários.

Comentários

comentários