Polícia prende 3 com maconha sintética avaliada em R$ 35 mil

Homens  da Força Tática da Polícia Militar prenderam, na madrugada desta sexta-feira (7), três homens acusados de tráfico de drogas no bairro Centro Oeste, em Campo Grande.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os policiais realizavam ronda pelo bairro, quando abordaram três homens que estavam dentro de um veículo GM Chevrolet S-10, com placas de Araras, São Paulo.

Diego Lira, de 28 anos, Rafael Lucas dos Santos e Fabiano Alves de Souza, ambos de 25 anos, não souberam explicar aos policiais o motivo de estarem parados em frente a uma residência na rua Catigua. Desconfiados, os militares revistaram os homens e o veículo.

Com Rafael, os policiais encontraram um mochila com roupas e R$1.074,00. Questionado sobre a origem do dinheiro, o jovem, que já tem passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas, não soube informar a origem das cédulas.

Traficantes foram presos com droga avaliada em R$ 35 mil. Foto: Divulgação PM
Traficantes foram presos na madrugada desta sexta-feira. Foto: Divulgação PM

Já Fabiano, que tem passagem por roubo de veículo, tentou despistar os policiais apresentando uma identidade falsa, no nome de Thiago Almeida, mas acabou confessando aos policiais seu verdadeiro nome e que era proprietário do veículo. Após consulta através do número de série do motor do carro, foi constatado que a S-10 possuía um registro de roubo em São Paulo e que a placa havia sido adulterada.

Diego disse aos policiais que a casa que estavam parados em frente pertencia a sua ex-mulher, e que tinha a chave do portão. Os militares entraram na residência e, no telhado, encontraram quase um quilo de maconha sintética, avaliada em mais de R$ 35 mil reais.

Droga foi avaliada em R$ 35 mil. Foto: Divulgação PM
Droga foi avaliada em R$ 35 mil. Foto: Divulgação PM

Os três foram presos e encaminhados à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga. A droga foi encaminhada à Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar).

Kerolyn Araújo

Comentários

comentários