Polícia Militar Ambiental inicia neste sábado a operação ‘Pré-Piracema’

Policial ambiental retira do rio rede de pesca deixada ilegalmente no local (Foto: PMA/Divulgação)
Policial ambiental retira do rio rede de pesca deixada ilegalmente no local (Foto: PMA/Divulgação)

A Polícia Militar Ambiental (PMA) inicia neste sábado, 1 de outubro, a operação ‘Pré-Piracema’ em Mato Grosso do Sul. A unidade vai reforçar a fiscalização nos rios do estado com o objetivo de prevenir e reprimir a pesca predatória, levando em conta a proximidade do período de reprodução do peixes, quando vários cardumes já estão formados.

A PMA afirma que neste período, em que aumenta a facilidade de captura dos peixes, cresce também a quantidade de turistas e pescadores que vem ao estado para a prática. A operação vai começar a zero hora deste sábado e vai até às 8h do dia 6 de novembro, um dia depois do fechamento da pesca na bacia do Rio Paraguai.

Em setembro, quando a unidade já vinha reforçando a fiscalização nos rios do estado, foram presos 21 pescadores, com uma tonelada de pescado ilegal. Foram apreendidos ainda 2.800 metros de redes de pesca.

A operação ‘Pré-Piracema’ envolverá 362 policiais nas 25 subunidades da PMA no estado e englobará ainda outras duas ações a operação ‘Padroeira do Brasil’ e operação ‘Finados’.

Comentários

comentários