Polícia Federal prende no Recife líder da máfia italiana Camorra

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira, 26, no Recife Scotti Pasquale, o mafioso italiano mais procurado no País. Líder da máfia italiana Camorra Napolitana, ele foi condenado à prisão perpétua pela Justiça italiana e estava foragido há 29 anos.

Scotti Pasquale Foto Divulgação
Scotti Pasquale Foto Divulgação

Pasquale teve sua prisão decretada em 1991, após condenação pela prática dos crimes de porte ilegal de arma de fogo, resistência, extorsão e mais de vinte homicídios. Os crimes foram cometidos entre 1980 e 1983. Os integrantes da máfia liderada pelo italiano usavam armas de fogo, intimidação e ameaças.

A Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) conseguiu chegar ao mafioso por meio de comparação de digitais que comprovou que ele usava falsa identidade no Brasil, com o nome Francisco de Castro Visconde.

O mafioso tinha até CPF (cadastro de pessoa física) e título de eleitor obtidos ilegalmente e se apresentava como empresário na capital pernambucana.

O STF (Supremo Tribunal Federal) determinou a prisão de Pasquale menos de 24 horas após a Interpol formular o pedido. A partir de agora, as autoridades italianas darão início ao processo de extradição do mafioso.

Isto É

Comentários

comentários