Polícia Federal prende dez traficantes que trocavam veículos por drogas

A Polícia Federal de Três Lagoas inciou nesta quinta-feira (10) a parte ostensiva da operação pêndulo que desmantelou uma quadrilha de traficantes que utilizava a cidade de Três Lagoas como base operacional para a distribuição de drogas vindas da fronteira do Paraguai e que abasteciam o estado do Mato Grosso do Sul e interior de São Paulo.

Foto Rádio Caçula
Foto Rádio Caçula

A operação foi comandada pelo Delegado Caio e Vinícius que com o apoio da equipe de inteligência da delegacia de Três Lagoas investigaram a movimentação da quadrilha nos últimos seis meses.

Durante as investigações a Polícia Federal descobriu que o comando da organização criminosa estava sediado na cidade de Três Lagoas e que haviam envolvidos nas cidade de Brasilândia, Ponta Porã e Coronel Sapucaia.

Durante as investigações o efetivo da Polícia Federal contou com o apoio das forças da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Estadual e de acordo com o Delegado Caio foram essenciais para o bom andamento da operação já que a PF não tem um efetivo que possa cobrir sozinha todo o território.

O Delegado Caio informou durante coletiva de imprensa que na manhã desta quinta-feira (10) foi dado inicio às capturas dos responsáveis pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico sendo cumprindo diversos mandados de prisão, busca e apreensão e condução coercitiva dos acusados e os documentos foram expedidos pela justiça estadual de Três Lagoas.

A deflagração contou com o apoio de cerca de 70 policiais empenhados nos 4 municípios do Mato Grosso do Sul e cumpriram 15 mandados de busca e apreensão, 5 mandados de condução coerciva – pessoas que tem algum tipo de envolvimento com o crime que são encaminhadas a delegacia para prestar esclarecimento – e 9 mandados de prisão cautelar – preventiva e temporária – restando ainda 3 pessoas para serem presas por força de mandado de prisão.

O Delegado Caio nos informou que todas as ordens judiciais foram cumpridas no estado do Mato Grosso do Sul e que o efetivo da Polícia Federal permanece em diligência no sentido de capturar os três envolvidos restantes.

A Organização

O grupo principal da quadrilha era radicado na cidade de Três Lagoas e o município era usado como entreposto para o abastecimento da droga que era adquirida na cidade de Coronel Sapucaia e distribuída para o interior de São Paulo.

As investigações apontaram que a droga era adquirida de um homem de alcunha Tio na cidade de Coronel Sapucaí e eram trazidas para a cidade de Três Lagoas onde ficavam armazenadas sob a responsabilidade de fuminho e alemão até que o momento oportuno aparecesse e o comando ordenasse que a equipe de logística do bando enviasse os entorpecentes para o interior paulista.

O pagamento do entorpecente era realizado parte em dinheiro e parte em veículos que na maioria das vezes eram produto de furto ou roubo e estes eram levados até a cidade de Coronel Sapucaí.

O movimento de vai e vem dos traficantes durante toda a operação, se assemelhando a um pêndulo batizou a operação.

10crono

Três-lagoenses envolvidos

O Doutor Caio informou que oito pessoas do município de Três Lagoas foram alvo de investigação durante a Operação Pêndulo e que até o momento foram realizadas 10 prisões em flagrante de pessoas da cidade e em deflagração foram apreendidos alguns veículos adquiridos com receita do crime.

Balanço

Durante as investigações foram apreendidos 18 veículos transportando drogas e mais 7 automóveis que eram produto de crime foram recuperados, além disso mais de 5 toneladas de entorpecentes pertencentes a esta quadrilha foram apreendidas nos estados do Mato Grosso do Sul e São Paulo e 5 pessoas foram presas em flagrante.

Na operação desta manhã os policiais se depararam com três situações de flagrante, localizando na casa de um dos acusados uma quantidade significativa de maconha e cocaína em outra situação foi localizada diversas caixas de cigarro contrabandeado na casa de um segundo investigado e no município de Brasilândia foi localizada uma arma de fogo sem registro e 5 munições intactas.

As prisões

As prisões ainda correm em segredo de justiça, porem o delegado Caio conseguiu adiantar a imprensa que o fornecedor de drogas, conhecido como Tio, de Coronel Sapucaí foi preso nesta manhã e que em seu desfavor havia uma condenação pelo crime de tráfico de drogas do estado de Santa Catarina e agora irá somar mais este crime aos seus seis anos de condenação.

Em Três Lagoas os policiais prenderam um homem de alcunha Paraguai, muito conhecido na cidade por realizar promoções de eventos na cidade, também foram presos o Alemão e o Talento e os agentes federais continuam no encalço do fuminho.

De acordo com o Doutor Caio todos os investigados são maiores de idade e os que foram capturados na cidade de Três Lagoas foram apresentados a autoridade policial e na sequencia serão encaminhados até o Presidio de Segurança Média Local (PSM), já os presos nas outras cidades devem ser conduzidos para a cidade de Três Lagoas.

Com Informações Rádio Caçula

Comentários

comentários