Polícia Federal desmonta quadrilha que utilizava mecânica para rechear veículos com drogas

A Polícia Federal deflagrou em Ponta Porã no último final de semana a operação “Mãos Sujas”, que investigou uma organização criminosa de tráfico internacional de drogas atuante na região da fronteira com o Paraguai.

Dentre as prisões, duas foram possíveis com o apoio da Polícia Paraguaia - Foto: Divulgação PF
Dentre as prisões, duas foram possíveis com o apoio da Polícia Paraguaia – Foto: Divulgação PF

O grupo utilizava uma oficina mecânica localizada no centro de Ponta Porã para a realização de encontros, além de outros imóveis na fronteira para o carregamento dos veículos utilizados no transporte. Os presos adquiriam a droga no Paraguai e forneciam os entorpecentes a diversos compradores, notadamente no Estado de São Paulo.

Durante os seis meses de investigação, diversas pessoas foram presas enquanto transportavam maconha e cocaína, atuando como “mulas”. As apreensões resultaram em mais de três toneladas de maconha e vinte quilos de cocaína

Operação apreendeu mais de três toneladas de maconha e vinte quilos de cocaína – Foto: PF
Operação apreendeu mais de três toneladas de maconha e vinte quilos de cocaína – Foto: PF

As diligências dos últimos dias resultaram na prisão preventiva de oito pessoas, além de duas conduções coercitivas, em cumprimento a mandados expedidos pela Primeira Vara Federal de Ponta Porã. Dentre as prisões, duas foram possíveis com o apoio da SENAD – Polícia Paraguaia especializada no combate ao tráfico de drogas – visto que os procurados residiam em Pedro Juan Caballero.

Além disso, três endereços ligados à organização criminosa foram alvos de buscas que resultaram na apreensão de diversos objetos e documentos dos traficantes.

Comentários

comentários