Polícia Federal cumpre mandados da 36ª fase da Operação Lava Jato

Policiais federais estão nas ruas desde as primeiras horas desta quinta-feira, dia 10 de novembro, para cumprir mandados da Operação Lava Jato. A ação foi batizada de Operação Dragão.

lavajato

As equipes policiais estão cumprindo 18 mandados judiciais, sendo 16 mandados de busca e apreensão e 2 mandados de prisão preventiva.

Segundo a PF, a atual fase investiga dois importantes operadores financeiros responsáveis pela movimentação de recursos de origem ilegal, principalmente oriundos de relações criminosas entre empreiteiras e empresas sediadas no Brasil com executivos e funcionários da Petrobras.

Entre os crimes investigados estão corrupção, manutenção não declarada de valores no exterior e lavagem de dinheiro.

O ex-ministro Antônio Palloci foi preso na penúltima fase da operação, batizada de Omertà. Também foram presos o ex-secretário da Casa Civil Juscelino Antônio Dourado e Branislav Kontic, que atuou como assessor do ex-ministro em 2006. Palocci e Branislav tiveram a prisão temporária convertida em preventiva pelo juiz Sérgio Moro e permanecem presos. Já Juscelino Dourado, foi liberado após o término do prazo da prisão temporária.

A Omertà apura a relação entre o Grupo Odebrechet e o ex-ministro Palocci. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), há evidências de que Palocci e Branislav receberam propina para atuar em favor da empreiteira, entre 2006 e o final de 2013, interferindo em decisões tomadas pelo governo federal.

Comentários

comentários