Poder Judiciário: Escola Judicial inicia semana com abertura de quatro cursos

O Tribunal de Justiça de MS, por meio da Escola Judicial, promove nesta semana, em atendimento às solicitações de magistrados de comarcas do interior e de diretores de diversas secretarias do TJMS, a capacitação e atualização de servidores do Poder Judiciário do estado.

03ejad

Somente nesta segunda-feira, vários cursos iniciam, de forma a atender, juntos, aproximadamente 50 pessoas, como o curso de Processo Eletrônico, oferecido a 23 servidores. Com carga horária de 30 horas-aula e ministrado por servidores do próprio Poder Judiciário, o curso tem como objetivo capacitar e treinar servidores lotados nos cartórios judiciais, por meio da educação não-formal e busca profissionalizar para a melhoria da eficiência, eficácia e efetividade dos atos processuais, o que resulta em qualidade na prestação jurisdicional, além de facilitar a compreensão sobre o processo eletrônico e a sua utilização do Sistema de Automação Judicial (SAJ).

O curso de Planejamento Estratégico e Elaboração do Plano Plurianual – PPA é promovido pela empresa EloGroup Desenvolvimento e Consultoria, voltado para 22 pessoas, tem 15 h/a, e é justificado pela necessidade de conhecimento por parte dos servidores lotados na Secretaria de Finanças, reestruturada recentemente, já que o tema é complexo, porém, de extrema importância, dentro da estrutura organizacional.

Quatro servidoras devem participar do Curso Prático de Revisão dos Proventos de Aposentadoria Exigidos pelo Tribunal de Contas da União com Prazo Urgente e Determinado de Conclusão, promovido pela empresa Supercia Capacitação e Marketing, realizado também no Grand Park Hotel, com carga horária de 16 h/a, que tem o objetivo de instruir servidores públicos para a aplicação das exigências do Acórdão 1.176/2015 do TCU, bem como procedimentos estabelecidos pela Lei nº 13.135/2015, que trata das novas regras para concessão do auxílio-doença e da pensão por morte.

Por sua vez, o curso COBIT 5 Foundation é realizado na modalidade a distância, tem carga horária de 16 h/a, é promovido pela empresa IT Partners Assessoria e Consultoria Ltda, e é voltado para quatro servidores. O objetivo do curso é ampliar a compreensão sobre o que é Governança de TI (incluindo os cinco princípios, 7 facilitadores e 37 processos de trabalho relacionados), objetivos e metas estratégicas e a área de TI, de acordo com o COBIT®, além do modelo de capacidade dos processos de governança e gerenciamento da área.

“Seguindo orientação da Presidência do TJMS, temos muita satisfação em dizer que nesta semana atenderemos aproximadamente 150 pessoas, entre servidores e magistrados, e a Escola realmente foi feita para isso”, afirma o Diretor-Geral da Ejud, Des. Júlio Roberto Siqueira Cardoso, ao falar sobre as ações desta semana.

E segue, explicando: “Amanhã temos abertura dos cursos de Cálculo de Pena, para 11 servidores, e Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos, para quatro servidores; e por fim, nesta semana, quinta e sexta-feira, temos 50 magistrados e 50 assessores que devem participar do Curso de Conciliação devidamente regulamentado pela Escola Nacional de Formação de Magistrados, a Enfam, em mais uma ótima semana de trabalhos para a Ejud, que vão resultar na atualização e aumento de conhecimento dos servidores do Poder Judiciário de MS, e consequentemente, na melhor prestação jurisdicional”, conclui Júlio Roberto.

A Ejud

A Escola Judicial de Mato Grosso do Sul (Ejud-MS) foi criada pela Lei n. 3.932 de 13 de julho de 2010, como órgão auxiliar do Poder Judiciário, vinculado à Presidência do Tribunal de Justiça, com a finalidade de promover o treinamento, a capacitação, o aperfeiçoamento e a especialização de magistrados. Posteriormente, com a edição da Portaria n. 354, de 16 de dezembro de 2011, a Ejud-MS passou a ser composta por duas secretarias: a Secretaria de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados e a Secretaria de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores.

Pela Portaria n. 697, de 2 de março de 2015, a estrutura administrativa da Ejud-MS sofreu alterações, unificando a Secretaria de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados e a Secretaria de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores em uma única Secretaria, agora, denominada Secretaria da Escola Judicial.

Comentários

comentários