PMA fecha rinha de galos e autua dois infratores em R$ 6,5 mil por maus-tratos

A Polícia Militar Ambiental (PMA) fechou ontem (02), um local onde funcionava uma rinha de galos em Cassilândia, a 437 quilômetros de Campo Grande. Os autores foram multados em R$ 6,5 mil.

Segundo a PMA, nos fundos de uma residência havia 13 galos presos em gaiolas apertadas. No lugar também foi encontrada uma arena (rebolo) de rinha.

Foto: Divulgação PMA
                                                  Foto: Divulgação PMA

Todos os galos apresentavam as esporas cortadas e lesões na cabeça. Na casa, ainda foram encontrados materiais como biqueiras, esporas artificiais, indicando atividade de rinha no local. Apesar de não estar ocorrendo briga, dois proprietários do local afirmaram que criavam os animais e os colocavam para treinamento na arena. Os galos, seis biqueiras e oito esporas de treinamento foram apreendidos.

Os infratores, de 26 e 33 anos, residentes em Cassilândia, foram autuados administrativamente e multados respectivamente em R$ 4 mil R$ 2,5 mil, conforme a quantidade de galos apreendidos com cada um (oito e cinco).

Eles foram conduzidos, juntamente com os animais apreendidos, à delegacia de Polícia Civil e responderão por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena é de três meses a um ano de detenção.

Redação com assessoria

Comentários

comentários