PMA autua dono de rancho por construir estrada degradando área protegida

Da Redação

A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Rio Negro autuou o dono de um rancho por degradação de área de preservação permanente (APP) nesta quinta-feira (17), em Rio Negro, a 154 Km de Campo Grande.

Os policiais realizavam fiscalização em Rochedo quando constataram que o proprietário de um rancho, localizado à margem do rio Aquidauana, executou a construção de uma estrada em uma área de várzea, inclusive, construindo uma grande valeta para drenagem do brejo, sem autorização ambiental.

A PMA interditou as atividades. O infrator, de 78 anos, residente em Rochedo, foi autuado administrativamente e multado em R$ 5 mil pela construção ilegal. Ele também responderá por crime ambiental de degradar área de preservação permanente (APP) e, se condenado, poderá pegar pena de detenção de um a três anos.

O autuado foi notificado a realizar um Plano de Recuperação de Áreas Degradadas e Alteradas (PRADA), junto ao órgão ambiental.

Comentários

comentários