PM vai reforçar segurança durante Rio 2016 com mais 1,3 mil policiais

Mais 1,3 mil praças da Polícia Militar vão reforçar o patrulhamento nos Jogos Olímpicos Rio 2016, que começam no dia 5 de agosto. Os novos PMs estão em treinamento no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefap), no bairro da Sulacap, zona oeste do Rio. Parte do efetivo atenderá à Baixada Fluminense, Niterói e São Gonçalo.

Para o período olímpico, a Baixada Fluminense receberá reforço de 400 policiais militares por meio do Regime Adicional de Serviço (RAS). Todos os batalhões da região devem contar com aproximadamente 60 agentes, exceto o de Mesquita, que terá o maior contingente (160 policiais), por atender a maior região da Baixada.

Olimpiadas-2016-Brasil

Região metropolitana

A medida, publicada no Boletim da Polícia Militar em 14 de julho, inclui o 34° BPM (Magé) no RAS Olímpico, além de ampliar de 30 para 40 o número de policiais em Niterói e colocar mais 20 agentes em São Gonçalo, ambos municípios da região metropolitana do Rio.

Secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, disse hoje (18) que conversou com os comandantes dos batalhões que o informaram de suas necessidades. “No futuro, após a formatura dos 1,3 mil praças, parte desse efetivo será destinada a essa região”, afirmou Beltrame.

Os praças vão usar apenas cassetetes e estarão sempre acompanhados de um sargento. Modelo semelhante já havia sido adotado na Copa do Mundo de 2014.

Agência Brasil

Comentários

comentários