PF inicia operação para combater fraudes na Previdência

A Polícia Federal (PF) iniciou nesta quarta-feira (5) a Operação Mamba, desarticulando uma quadrilha que fraudava benefícios da previdência e seguro-desemprego em São Paulo. Cerca de R$ 6 milhões foram desviados.

Um escritório de contabilidade na cidade de Campinas, interior de São Paulo, usava dados de empresas reais e em atividade. Os falsários diziam ser vinculados com essas empresas e recebiam quantias indevidas da Previdência Social e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

De acordo com a Agência Brasil, duas pessoas foram presas e responderão pelos crimes de estelionato qualificado e associação criminosa com penas de até 15 anos de prisão. Foram cumpridos também cinco mandados de busca e apreensão e 29 de condução coercitiva nas cidades de Campinas, Hortolândia e São José do Rio Preto.

A operação foi feita em conjunto com a Previdência Social e o Ministério Público Federal e envolveu 107 policiais federais e seis servidores de Assessoria de Pesquisa Estratégica e de Gerenciamento de Riscos da Previdência Social.

Comentários

comentários