Pesquisa revela que Azambuja é o que mais cumpre promessas

Apesar da crise financeira nacional, Reinaldo Azambuja já cumpriu, em um ano, 30,4% dos compromissos assumidos na campanha para 4 anos de administração e é o governador que mais cumpriu promessas feitas na eleição passada, segundo levantamento do portal G1.

Reinaldo conseguiu cumprir sete promessas de campanha, no seu primeiro ano de mandato
Reinaldo conseguiu cumprir sete promessas de campanha, no seu primeiro ano de mandato

A vice-liderança no ranking é do Governo de São Paulo, com 27,9% dos compromissos realizados, seguido por Goiás e Maranhão, ambos com 27,3%, e Minas Gerais, com 26,1%.

O levantamento destaca que, por meio do projeto Caravana da Saúde, Reinaldo cumpriu o compromisso de fazer mutirões de saúde nos polos regionais, levando atendimento e reestruturando o sistema de saúde para proporcionar melhor atendimento às pessoas.

Maior programa de saúde da história de Mato Grosso do Sul, a Caravana da Saúde já passou por sete regiões (Coxim, Ponta Porã, Três Lagoas, Paranaíba, Nova Andradina, Corumbá e Naviraí) e realizou 251 mil atendimentos, 44,5 mil consultas gerais, 17,3 mil cirurgias, 9,2 mil exames e capacitou 1,5 mil agentes de saúde.

Educação

Reinaldo também cumpriu o compromisso de pagar o piso salarial dos professores. Mais que isso, os professores da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul recebem o melhor salário do País, 38% acima do piso nacional para 40 horas de jornada. O salário do professor de ensino médio com salário inicial de R$ 2.830,25 para carga horária de 40 horas semanais, enquanto o piso nacional é de R$ 1.917,18.

Segurança

O governador aumentou o efetivo policial. Foram nomeados neste ano 1.614 novos homens e mulheres em cargos da segurança pública, distribuídos entre bombeiros, Polícia Militar e Polícia Civil, sendo que a grande maioria foi destinada aos 44 municípios localizados ao longo da faixa de fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai e a Bolívia.

Além disso, já está autorizado mais um concurso da Polícia Civil, para a contratação de mais investigadores, escrivães, peritos criminais, papiloscopistas, médicos legistas e delegados. O edital deve ser lançado até o início 2016.

Também estão autorizados e devem iniciar em breve os concursos da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), responsável pelos presídios, e da Superintendência de Assistência Sócio Educativa (SAS), responsável pelas Unidades Educacionais de Internação.

Empregos

O levantamento conta ainda que Reinaldo criou uma política regional de incentivos fiscais, responsável pela vinda de importantes empresas ao Estado. Com projeto autorizado pelo governador Reinaldo Azambuja, por meio do Fórum Deliberativo do MS-Indústria, o Estado deve receber cerca de R$ 280 milhões em investimentos com a implantação e a ampliação de indústrias. Ao todo, são 19 unidades. As cidades beneficiadas são: Campo Grande, Naviraí, Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Itaporã, Dourados e Sidrolândia. A instalação das indústrias deve promover a criação de 1.783 novos postos de trabalho em diversas cidades do interior do estado e na capital.

Índios

Azambuja criou uma autarquia para cuidar das comunidades indígenas. A Subsecretaria de Políticas Públicas para a População Indígena tem como missão a formulação, assessoramento, monitoramento e implementação das políticas e diretrizes governamentais para o fomento e desenvolvimento de programas, projetos e atividades de integração das ações voltadas para a população indígena.

Auditoria nas contas

Outro compromisso cumprido foi a realização de uma auditoria independente nas contas públicas. A Pricewaterhouse Coopers (PwC) fez uma auditoria da última gestão. Os detalhes foram apresentados pelo governador Reinaldo Azambuja no dia 7 de abril de 2015, em entrevista coletiva à imprensa na governadoria.

Valorização

E ainda, para valorizar o servidor, o Governo do Estado lançou um projeto piloto de meritocracia e criou um canal aberto para dialogar com os servidores.

Comentários

comentários