Pedro Chaves vai assinar requerimento para investigar Aécio

Da Redação//JN

Senador Pedro Chaves diz que denúncias são graves e têm que ser apuradas

O vice-presidente do Conselho de Ética do Senado, senador Professor Pedro Chaves (PSC\MS),  vai assinar requerimento a ser apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), para tentar reverter a decisão do presidente João Alberto de Souza (PMDB/MA), que , na noite de sexta-feira (23) optou por arquivar o pedido de cassação do mandato do senador Aécio Neves (PSDB/MG), sem instaurar processo de investigação contra o parlamentar mineiro.

Pedro Chaves é vice-presidente do Conselho de Ética do Senado

“Vamos trabalhar no sentido de reunir as 5 assinaturas dos demais membros do Conselho de Ética,  necessárias a abrir a investigação. As suspeitas que pairam sobre o senador Aécio Neves, que, inclusive, embasaram decisão do Supremo Tribunal Federal no sentido de afastá-lo do mandato, são extremamente graves e merecem, no mínimo, ser investigadas”, afirmou Pedro Chaves, durante entrevista concedida na manhã desta segunda-feira (26) ao programa Boca do Povo, transmitido pela Rádio Difusora Pantanal, de Campo Grande (MS).

O senador sul-mato-grossense disse que o presidente João Alberto cometeu “um ato autoritário e equivocado, porque ele sequer consultou os demais membros do Conselho de Ética sobre sua decisão de arquivar o pedido do STF”.

Pedro Chaves quer que o processo seja reaberto para que todos os membros do Conselho possam examinar o processo. “Não se trata de condenar previamente o senador Aécio, que terá todo o direito de defesa. O que proponho, e a sociedade brasileira exige, é uma investigação criteriosa da denúncia”, argumentou.

 

 

 

 

Comentários

comentários