Pedreiro é morto por dupla de moto com seis tiros no Montevideu

O pedreiro Itamar Coenga, 41 anos de 47 anos foi assassinado a tiros na manhã desta quarta-feira (20), no Jardim Montevidéu, em Campo Grande.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a vítima estava parada no cruzamento das ruas Coata e Ana Rosa Castilho O’ Campos, em uma motocicleta, esperando o cunhado para ir trabalhar, quando foi morto.

Um irmão da vítima disse aos policiais que no domingo (17), a vítima havia sido ameaçada de morte por dois homens, em um bar, sendo que um deles portava arma de fogo.

Pessoas que se apresentaram como testemunhas não chegaram a assistir a execução, porém disseram terem visto dois homens passando pelo endereço em uma motocicleta e, na sequência, ouviram pelo menos sete tiros.

Segundo a polícia, a vítima foi baleada com quatro disparos na cabeça, um em cada ombro e um no abdômen. Como estava de capacete, estilhaços do equipamento de proteção ficaram espalhados pelo chão.

Socorristas do Corpo de Bombeiros chegaram a ser acionados, mas constataram o óbito ainda no local.

Itamar mora no bairro e possui duas filhas de 5 e 7 anos, que leva todos os dias para a escola, mas, de acordo com os vizinhos, hoje não as levou para poder esperar o cunhado. A perícia da Polícia Civil foi acionada.

Comentários

comentários