PCC joga bomba em prédio e pede mudança na direção de presídio

Depois do motim na penitenciária de segurança máxima de Naviraí, semana passada, um coquetel do tipo molotov foi jogado no prédio da Justiça do Trabalho do município. Um bilhete junto a um tijolo trazia o pedido de transferência do diretor do presídio.

Coquetel molotov e tijolo com bilhetes foram jogados em prédio - (Foto: Tá na Mídia Naviraí )
Coquetel molotov e tijolo com bilhetes foram jogados em prédio – (Foto: Tá na Mídia Naviraí )

O bilhete foi assinado pelo PCC (Primeiro Comando da Capital), facção paulistana e com ramificações em todo o país. De acordo com o site Tá na Mídia Naviraí, a bomba explodiu em uma das portas no fundo da Justiça do Trabalho e não causou grandes estragos, apenas manchou a pintura.

Delegado da 1ª Delegacia de Polícia Civil da cidade, Edson Luiz Ubeda, informou que desde a última quinta-feira (4), quando houve rebelião, todas as forças policias da cidades estão em alerta e policiais da inteligência trabalham para evitar novos ataques.

A rebelião teria ocorrido em razão de desentendimento entre integrantes do PCC e do Comando Vermelho (facção carioca). Eles queriam matar detentos que não participavam de facção. Dois internos morreram e oito ficaram feridos. Além do motim no presídio, três ônibus da prefeitura de Naviraí foram queimados. (Com Informações Dourados Agora).

Comentários

comentários