Palhaço esfaqueia homem na Suécia

Um homem foi esfaqueado no sul da Suécia por um atacante mascarado de palhaço, relata o The Guardian. Este ataque surge também numa altura em que uma vaga de brincadeiras se popularizou nos Estados Unidos e que se alastrou por vários países, incluindo o Reino Unido, Holanda, Nova Zelândia ou Austrália.

Em concreto, surgem palhaços à beira das estradas ou em ruas desertas, silenciosos e a observar quem passa, muitas vezes armados com uma faca. Agora parece que chegou à Suécia mas com consequências físicas. As repercussões são tais que já valeu uma manifestação de preocupação por parte da Casa Branca e já obrigou a polícia britânica a avançar com várias detenções.

A polícia sueca informou agora que “um homem nascido em 1997 foi esfaqueado no ombro por um atacante não identificado que fugiu”, cita o jornal britânico.

O incidente aconteceu horas depois de duas mulheres terem sido ameaçadas de morte noutra região do país por homens com disfarces semelhantes. Esta quarta-feira, um grupo de homens também disfarçados de palhaços cercou um grupo de crianças com motosserras falsas.

Com o alastrar da apreensão provocada pelo número de episódios num curto espaço de tempo, o ministro do Interior da Suécia, Anders Ygeman, foi obrigado a apelar à calma, cita a agência de notícias sueca TT: “Não queremos verificar uma situação onde uma pessoa se envolve em problemas reais porque alguém, talvez meio a brincar, coloca uma máscara de palhaço”.

UOL com informações do The Guardian

Comentários

comentários