Palestra sobre a doutrina Seicho-No-Ie Manabukai acontece esta noite na Capital

Antônia e Kami , Divulgadoras da Seicho-No-Ie Manabukai. (Foto: Paulo Francis)
Antônia e Kami , Divulgadoras da Seicho-No-Ie Manabukai. (Foto: Paulo Francis)

A escola Maria Constância de Barros Machado, que fica localizada prómo a Orla Morena, em Campo Grande, recebe às 19h30min desta quarta-feira (17), uma palestra de divulgação da Igreja Seicho-No-Ie Manabukai, dirigida pelo sensei Oswaldo Murahara.

A palestra tem entrada gratuita para toda a população da Capital, e é realizada pelas seguidoras e divulgadoras da doutrina Kami Loppnow e Antônia Fumagal, que vieram especialmente da cidade de Blumenau, em Santa Catarina, para a realização deste evento.

Segundo Kami, a doutrina é divida em pilares no qual se denominam as leis mentais, leis espirituais, leis sociais e leis materiais e na palestra serão abordados esses temas bem como a essência da Manabukai em relação a prosperidade. Ela ainda conta um pouco da sua vida antes e depois de conhecer os ensinamentos da Seicho-No-Ie Manabukai, na qual grande parte de sua família tinha um envolvimento com álcool.

“Eu me sentia muito envergonhada com tudo aquilo, pelo fato da minha mãe beber, só que eu acabei fazendo pior que minha família e acabei me envolvendo com drogas, sexo precoce e uma série de coisas que me deixava muito triste, onde eu até já pensava em suicídio. Foi quando eu conheci o professor Osvaldo Murahara que me libertou e fez eu me libertar da minha própria mente”, conta a seguidora.

A senhora Antônia também relata ótimos resultados após conhecer a Seicho-No-Ie e começar a praticar os ensinamentos, porem ela relata que foi vitima de um câncer a alguns meses atrás, a qual atribui a uma desarmonia mental, mas foi curada.

“Graças aos ensinamentos da Manabukai e ao professor Oswaldo Murahara eu me curei. Deram-me apenas 30% de chances de vida, os médicos estavam todos desenganados, a família desesperada. Eu estava nas ultimas, o professor chegou ao hospital às 11h30min fez o canto evocativo, que é uma oração em japonês, e quando foi às 15h da tarde ganhei alta e estou curada com toda saúde. Só tenho a agradecer mesmo, pela minha saúde, estou muito bem”, relata.

A inscrição para a palestra pode ser feita na hora do evento. A escola fica localizada na Marechal Cândido Rondon, 450, Centro.

Paulo Francis

Comentários

comentários