Padre compartilha foto com apelo erótico em grupo do WhatsApp e conversa vaza

'Essa foto não fui eu que fiz', alega o padre Foto:  Reprodução Internet
‘Essa foto não fui eu que fiz’, alega o padre
Foto: Reprodução Internet

Roraima – Um padre de Boa Vista, capital de Roraima, está sendo criticado na internet após uma conversa no WhatsApp, em que ele compartilhou uma foto com apelo erótico, ter sido vazada. Na ocasião, o sacerdote divulgou a imagem exibindo a bunda de uma mulher em um grupo privado, chamado “Flamengo até morrer”. A foto levava a frase: “Afinal, isso é tricô ou crochê?”.

A conversa foi divulgada no Facebook, e acabou dividindo a opinião dos internautas. Enquanto muitos criticavam a postura do padre, outros o defendiam. “O que dizer de um padre que, ao invés de se ater a pregar a palavra de Deus, vive postando esse tipo de foto em grupos do WhatsApp?”, questionou um. “Afinal o padre é humano, tem que gosta da carne também hora bolas (SIC)”, defendeu outro.

Questionado sobre a publicação, o sacerdote, inicialmente, negou ter feito a publicação, mas, posteriormente confessou o fato. Ele admitiu ter compartilhado a imagem, mas “sem comentário maldoso”.

“Eu fiz um print [da foto] que já estava nas redes sociais e compartilhei no grupo [WhatsApp] que faço parte. Essa foto não fui eu que fiz. E não há nenhum comentário maldoso na imagem”, justificou.

O DIA

Comentários

comentários