Paciente internado com raiva passa por exames e tratamento continua no HU

De acordo com boletim médico divulgado pelo Hospital Universitário nesta quinta-feira (7), o paciente corumbaense, de 38 anos, diagnosticado com raiva humana apresentou fluxo cerebral em exame de eletroencefalograma.

Os médicos vão continuar com o tratamento cok os medicamentos previstos no protocolo de Recife. Ele completou 24 dias de internação nesta quinta-feira. Ele completou 24 dias de internação nesta quinta-feira.

O paciente que contraiu raiva humana demorou cerca de 45 dias para procurar ajuda médica após ser mordido por um cachorro de rua infectado em Corumbá, distante 444 quilômetros de Campo Grande. O paciente está internado desde o dia 17 de abril no Hospital Universitário.

Segundo a Secretária de Saúde de Corumbá, apesar do surto de raiva na cidade, o paciente, que trabalha como piscineiro, só procurou uma unidade de saúde no dia 13 abril, mais de um mês depois da mordida. Ele apresentava febre, dificuldade respiratória, dores musculares, dores abdominais, tosse e espasmos musculares, além de estar desidratado e com alterações de comportamento.

Comentários

comentários