OUÇA: Cristiano Araújo deixou música inédita que fala sobre saudade e solidão

Há dois meses, numa conversa informal, um dos diretores do Hospital de Câncer de Barretos, interior de São Paulo, sugeriu ao cantor Cristiano Araújo que gravasse uma música usando apenas o piano para destacar sua voz, e Cristiano aceitou a sugestão. No dia seguinte, mandou a música para o amigo em uma mensagem de celular. A música foi composta pelo pai do cantor. Até agora, os assessores mais próximos não conheciam a gravação.

São versos românticos e arranjos no piano (Divulgação)
São versos românticos e arranjos no piano (Divulgação)

Eu falei com ele que estava sentindo falta de ter música acústica do DVD e CD novo dele. Vinte e quatro horas depois ele mandou a música”, conta o diretor do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata.

Trajetória

Nesta terça-feira (30) faz uma semana que Cristiano Araújo sofreu o acidente. Ele tinha acabado de fazer um show em Itumbiara, em Goiás, e estava voltando para casa, com a namorada Alana Moraes, de 19 anos. O casal estava no banco de trás do carro. Na frente estavam o empresário e o motorista. O carro onde eles viajavam capotou. A namorada morreu na hora. Cristiano ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu. O empresário e o motorista foram internados e já tiveram alta.

Cristiano Araújo tinha 29 anos e fazia parte de uma nova geração de cantores sertanejos. Em 2012 lançou o segundo DVD, ao vivo em Goiânia, e consolidou o sucesso. Os amigos dizem que ele estava sempre de bom humor.

“Eu sempre tento agradar pelo menos uma boa parte do público que taí, faço as músicas que fizeram sucesso comigo e invento algumas modas, invento outros estilos no meu show tentando alegrar essa galera toda aí”, disse o cantor.

O pai era uma referência. Numa entrevista ao Fantástico, João falou um pouco da personalidade do filho. “Ele era uma pessoa que tinha uma índole intocável, uma pessoa do bem que jamais fez qualquer coisa de mal a ninguém. Uma pessoa alegre, feliz, extremamente feliz”.

Foi essa generosidade que fez Cristiano Araújo se tornar amigo do Hospital de Câncer de Barretos. O hospital é referência no tratamento de câncer. Atende gratuitamente e recebe ajuda de vários artistas, e Cristiano era um deles.

Hospital

O Hospital de Câncer de Barretos tem 48 anos. Ele recebe ajuda do governo, mas boa parte da verba que mantém o hospital vem de doações, e muitas delas de cantores sertanejos.

O hospital tem equipamentos de última geração e alas especiais para crianças. Todos os procedimentos são feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Só no ano passado, foram mais de 740 mil atendimentos. A Fundação Pio XII, que deu origem ao Hospital de Câncer de Barretos, surgiu no final da década de 1960. Foi criada por um casal de médicos, os pais do atual diretor, Henrique Prata, para atender pacientes com diagnóstico da doença que não tinham dinheiro.

A partir dos anos 1990, com a ajuda de fazendeiros, empresários e artistas, o hospital começou a ser ampliado. Desde 1999, ele vem sendo considerado um dos melhores do Brasil, segundo pesquisa feita com os pacientes. O índice de satisfação chega a 99%.

O hospital depende da verba do verba do governo federal e de doações. Hoje, 40 artistas, a maioria sertanejos, ajudam o Hospital de Câncer de Barretos. Todos os anos, cada um deles faz um show e o dinheiro é destinado ao hospital. Por ano, são arrecadados R$ 5 milhões.

Investigação
A polícia espera que a leitura dos dados de um equipamento, que funciona como uma caixa preta de avião, possa informar o momento exato do acionamento do airbag, dos freios e, principalmente, a velocidade do carro na hora do acidente. O equipamento vai ser vistoriado no Brasil.

“Se a gente conseguir resolver isso em São Paulo vai ser mais rápido, caso seja encaminhado para Inglaterra a gente vai ter que ter um pouco mais de paciência”, fala o delegado Fabiano Jacomelis.

Em depoimento, o motorista do cantor, Ronaldo Miranda, contou ao delegado que estava acima da velocidade, mas não se recordava a quantos quilômetros por hora dirigia no momento do acidente, e confirmou que as rodas não eram originais. As primeiras perícias mostram que elas têm vários pontos de solda. Foi um amigo de Cristiano que deu as rodas de presente para o cantor.

“Eu já tinha levado ela para soldar. Ela já tinha solda. Eu rodei o ano inteirinho com ela com solda”, conta o amigo do Cristiano, Tiago Ferreira dos Santos.

Nesta segunda-feira (29), o empresário Vitor Leonardo, que também estava no carro, prestou depoimento. Ele confirmou a suspeita da polícia: Cristiano e Allana não usavam o cinto de segurança.

Veja a letra da música de Cristiano Araújo:

Mais uma vez, eu me enfraqueço e me entrego pra você.
Mais uma vez, você apronta e vem correndo me pedir perdão.
Mais uma vez, eu não consigo me afastar e ficar sem você.
Mais uma vez, quase perdi meu pobre coração.
Mais uma vez, faço de tudo pra entender seu modo de agir.
Me faz sofrer, só por prazer, não sei por que me maltrata assim.
Mais uma vez, não sei sorrir por me sentir assim tão só.
Mais uma vez, você se vai, tristeza vem pra mim.
Se eu tento fugir, diz que me adora, não me deixa sair, não vou embora, então fico a sorrir, mas não demora a dor no coração.
A solidão de novo vem pra mim.
É sempre assim.
Até que um dia possa me redimir
Por fim nessa paixão
E dominar de vez essa ilusão do coração.

G1

Comentários

comentários