“Orgia obscura”: Homem foge pelado de ato sexual em cidade de MS

Na madrugada de segunda-feira (21), por volta das 3h20 a Policia Militar foi acionada via telefone de emergência 190, onde o solicitante pedia para que uma viatura policial se deslocasse até a Rua Guia Lopes da Laguna, Conjunto BNH, em Maracaju, pois havia ocorrido uma possível tentativa de estupro.

Imagem 1 / 1   Imagem é mera ilustração ao fato. Créd.: Nuvem
Imagem 1 / 1 Imagem é mera ilustração ao fato. Créd.: Nuvem

De acordo com o Maracaju Speed, ao chegar no local, a polícia conversou com a suposta vítima, mulher de 33 anos que relatou estar dormindo na companhia do seu namorado quando acordou e percebeu que um homem também estava no quarto e o mesmo havia retirado sua calcinha.

Ainda conforme o site, neste momento ela acordou o namorado e o indivíduo saiu despido correndo e pulou o muro para a casa do vizinho.

Diante das afirmações da suposta vítima os militares realizaram rondas em torno da região do fato, na tentativa de capturá-lo, porém não obtiveram sucesso. Ao retornar para a residência para coletar mais dados, os policiais encontram o jovem de 22 abis que relatou que estava bebendo cerveja na própria casa da vítima e que era amigo do suposto indivíduo que estaria despido no quarto.

Ao questioná-lo sobre o nome deste indivíduo o mesmo não quis falar e disse que não sabia o nome. Ao realizarem uma busca minuciosa no carro que o rapaz conduzia, foi encontrado um simulacro de pistola e uma faca. Ele também se recusou a dizer por que estes objetos estariam no veículo. Na tentativa de averiguar mais fatos, a Guarnição da Polícia Militar questionou novamente sobre quem seria o indivíduo que entrou no quarto da vítima, o mesmo relatou que era o seu irmão, de 24 anos.

Conforme o Maracaju Speed, os militares se dirigiram até a residência do rapaz.

Na delegacia, o homem relatou que na tarde do domingo (20) estava no Pity Bar na companhia de seu irmão, quando chegou o filho da vítima e mais uma mulher, e naquele momento ambos se conheceram e foram convidados pelo filho da vítima para irem até a casa dela beber.

Disse ainda que quando estavam na casa ele e a vítima trocavam olhares e depois que o namorado dela dormiu, a mesma o chamou para ir ao quarto dela onde o namorado se encontrava para praticar ato sexual.

Ele informou também que naquele momento despiu-se e iniciaram o ato sexual na mesma cama em que o namorado da possível vítima estava dormindo, porém em certo momento o namorado acordou e a mulher gritou dizendo que havia um indivíduo pelado no quarto tentando tirar a calcinha da mesma.

Diante dos fatos foi confeccionado Boletim de Ocorrência e encaminhado juntamente com os irmãos, o simulacro e a faca para a Delegacia de Polícia Civil.

Comentários

comentários