Operadora de caixa é suspeita de desviar R$ 35 mil de uma loja em MS

Funcionária confessou que pegava dinheiro da empresa (Foto: )
Funcionária confessou que pegava dinheiro da empresa (Foto: )

Uma operadora de caixa de 20 anos é suspeita de ter desviado R$ 35 mil de uma loja de materiais de construção, em Nova Andradina. Segundo o boletim de ocorrência, o proprietário do comércio denunciou o caso à polícia após a funcionária ter confessado o furto.

Conforme o registro policial, o dono da loja começou a notar a diferença negativa no caixa há oito meses. A jovem era responsável por repassar, diariamente, o dinheiro junto com uma anotação que era utilizada para conferência.

Segundo o portal G1, o comerciante disse à polícia que a funcionária era “de confiança”, exercia a função há 3 anos e recebia R$ 1 mil pelo serviço.

A suspeita é de que a funcionária entrava na sala quando o proprietário não estava na loja e trocava as anotações originais por outras falsas antes que o dinheiro fosse conferido.

As anotações eram substituídas pela jovem de modo a coincidir com o relatório eletrônico gerado pelo caixa, segundo o boletim de ocorrência.

De acordo com o proprietário, a soma dos valores do caixa da suspeita ao fim do dia variavam entre R$ 7 mil e R$ 15 mil.

Ao suspeitar da diferença nas anotações, ele questionou a jovem que confessou o furto e contou como agia. Os dois foram até a Polícia Civil e prestaram depoimento. Ela não ficou presa.

O caso foi registrado como ‘furto qualificado com abuso de confiança, ou mediante fraude ou escalada e destreza’.

Comentários

comentários