Operação policial na Maré deixa um morador morto e dois feridos, diz ONG

A operação das forças de segurança hoje (11) no Complexo da Maré para encontrar os responsáveis pelo ataque a soldados da Força Nacional de Segurança, ocorrido ontem (10), deixou um morto e dois feridos, segundo denúncia da organização não-governamental Redes da Maré, que atua na comunidade.

O morador morto é Igor Barbosa Gregório Augusto, 19 anos, que chegou a ser levado para o Hospital Evandro Freire, na Ilha do Governador, mas já chegou ao local sem vida, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

1037095-sam_1838

O jovem foi atingido na Favela Nova Holanda durante a operação executada por homens da Força Nacional, da Polícia Federal, do Exército e do Batalhão de Operações Especiais (Bope), segundo o historiador e diretor da organização Redes da Maré, Edison Diniz, que criticou a forma como a ação policial foi executada.

“Infelizmente, isso sempre acontece nos grandes eventos. A favela acaba sofrendo as consequências dessa intervenção policial. Parece uma coisa que não tem planejamento, uma resposta imediata e sempre quem sofre são os moradores. Não há uma ação de inteligência para prender o responsável. Tem que dar uma resposta de força e é isso que acontece. A Maré ficou o dia inteiro com um clima de muito medo e apreensão, com o resultado trágico de uma pessoa morta nesse confronto”, disse.

A Polícia Militar e a Força Nacional de Segurança foram procuradas para se manifestar sobre a morte do morador, mas não responderam até a publicação desta matéria.

Agência Brasil

Comentários

comentários