Operação entre polícias apreende mais de 700 mil em drogas em Rodovia de MS

Traficantes fugiram e deixaram mais de R$700 mil reais em drogas e um veículo Golf para trás. (Foto: Paulo Francis)
Traficantes fugiram e deixaram mais de R$700 mil reais em drogas e um veículo Golf para trás. (Foto: Paulo Francis)

A Denar (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Narcotráfico), em conjunto PRF (Polícia Rodoviária Federal), através da operação Corixo, apreendeu na madrugada desta terça-feira (16), cerca de 65 kg de cocaína e pasta-base após perseguição na BR-262.

O fato ocorreu por volta da 3h, quando os policiais receberam uma denúncia de que um grupo sairia de Corumbá com um carregamento de drogas. Foram montadas varias barreiras próximas a base Guaicurus e ao município de Miranda, cidade que dá acesso a Corumbá.

De acordo delegado da Denar, João Paulo Sartori, os traficantes estavam em dois veículos Volkswagen Golf, com placas de uma cidade do interior de São Paulo, sendo um o batedor do grupo. A tática do grupo era que em determinado momento algumas pessoas do grupo descia do veículo com a droga, davam a volta por de trás da barreira e só eram apanhados novamente pelos comparsas alguns quilômetros adiante.

“Começou o acompanhamento na BR-262, mas chegando em Miranda eles pegaram a rodovia sentido Bodoquena e logo depois um dos veículos veio a perder o controle cair em um barranco. Durante a perseguição eles ainda atiraram contra os policiais mas ninguém foi ferido. Provavelmente essa droga serviria para abastecer as bocas de fumo da cidade”, conta o delegado.

Sartori acredita que o grupo era composto por 4 ou 5 pessoas, e que possivelmente teriam envolvimento com facção criminosa, porem todos conseguiram fugir deixando toda a droga, avaliada em mais de R$ 700 mil e um dos veículos utilizado no transporte.

Sartori e Kleryson, durante entrevista na sede da Denar em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis)
Sartori e Kleryson, durante entrevista na sede da Denar em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis)

O assessor de comunicação da PRF, inspetor Kleryson Loureiro, a instituição já faz o trabalho de fiscalização dos veículos nessa rota e operações como está intensificam ainda mais as ações de combate ao trafico de drogas.

“A parceria da Policia Rodoviária Federal com a Policia Civil tem dado bastante resultados, inclusive com atuação que cães que sempre estão envolvidos nesses trabalhos, justamente pela questão do modus operanti com que eles trabalham para ludibriar  a nossa fiscalização”, finaliza.

Paulo Francis     

Comentários

comentários