Olarte reivindica R$ 31 milhões no Ministério da Integração para controle de erosão e enchentes

O prefeito Gilmar Olarte foi recebido em audiência nesta quinta-feira (25) pelo ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, quando apresentou projetos para obras de controle de erosão e contenção de enchentes nos córregos Serradinho e Imbirussu, orçadas em R$ 31 milhões.
Reunião teve a presença do ministro Gilberto Occhi
Reunião teve a presença do ministro Gilberto Occhi
Segundo o prefeito, dentro destes investimentos está planejada a construção de barragens de contenção, desassoreamento do leito dos cursos d’água, reconformação dos taludes, intervenções que vão livrar dos alagamentos bairros como a Vila Popular, com mais de 18 mil moradores. O Serradinho (que é afluente do Imbirussu) tem problemas de erosão na sua nascente, enquanto no Imbirussu, o maior problema é o assoreamento.

Além da Vila Popular, também sofrem com alagamentos em consequência dos transbordamentos do Imbirussu, o Jardim Silvia Regina, Sayonara e o Jardim Imá . Os transbordamentos decorrem de uma série de fatores, incluindo o processo de impermeabilização do solo (com obras de pavimentação) e de ocupação dos fundos de vale, agravado com a urbanização acelerada.

Nesta região, onde o investimento previsto é de R$ 15 milhões, a Prefeitura planeja construir duas barragens de amortecimento de águas pluviais e reconformação dos taludes das margens do córrego. Estas barragens vão ampliar a capacidade de captação do sistema de drenagem existente no local, o que vai evitar o transbordamento da represa do frigorífico JBS, que acaba alagando as casas lindeiras à rua Rádio Maia.

Para desassorear o Imbirussu, será necessário retirar 30 mil metros cúbicos de sedimentos, equivalente ao volume transportado por 2.700 caminhões.

No Córrego Serradinho, além do controle da erosão na sua nascente (próximo ao Tênis Clube), está prevista a construção de duas barragens, uma com capacidade para reter 45,3 milhões de litros de água e outra para 15,6 milhões.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Valtemir de Brito, esta intervenção no Serradinho é importante para reduzir a carga de água despejada no Imbirussu, gerando vários pontos de alagamento mais à montante, na avenida Capibaribe, no Jardim Imá, Jardim Sayonara, além dos problemas com inundação na Vila Popular. .

 

Comentários

comentários