‘Novo’ Corinthians domina Ponte Preta e vence primeira no Brasileirão

O torcedor que acordou cedo mesmo no feriado de Corpus Christi e foi à Itaquera nesta quinta-feira viu um novo Corinthians. E se a primeira impressão é a que fica, a Fiel tem motivos de sobra para estar otimista. Com novo esquema tático e mudanças na escalação, o Timão dominou a Ponte Preta e venceu por 3 a 0, na Arena, gols marcados por Kadu (contra), Bruno Henrique e Guilherme. Veja a repercussão da partida na Arena.

Foto: Rodrigo Coca/Eleven/Lancepress!)
Foto: Rodrigo Coca/Eleven/Lancepress!)

Renovada, a equipe de Tite pôs fim à série de cinco partidas sem ganhar e conquistou a primeira vitória no Brasileirão, saltando para o quarto lugar (a posição pode mudar com o complemento da rodada). Já a Macaca, que vinha invicta há oito confrontos, caiu para 14ª.

Corinthians x Ponte Preta

Até onde irá esse “novo” Corinthians é difícil prever, mas evolução em relação aos últimos jogos foi clara, em diversos aspectos. Com dois volantes, além de a defesa ficar mais protegida, Bruno Henrique teve maior liberdade para atacar. Foi assim, próximo da área, que o camisa 25 marcou o segundo gol da partida. Antes, Kadu já havia desvia cruzamento de Marquinhos Gabriel e feito contra.

A Ponte não mostrou nem de longe o futebol do último sábado, quando venceu o Palmeiras em casa. Os comandados de Eduardo Baptista tinham dificuldades para fugir da marcação e não conseguiram dar um chute a gol sequer na primeira etapa. Tentando melhorar a transição, o técnico colocou o volante Renê Júnior ainda no primeiro tempo, mas pouco mudou.

O Timão dominou do início ao fim. Mais à frente, Guilherme mais uma vez se destacou e fez um golaço, de fora da área, no segundo tempo. O trio formado pelo camisa 10, Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto ainda precisa de maior entrosamento, mas já causa problemas aos adversários combinando velocidade, passes e lançamentos precisos e muita movimentação.

Contudo, não foram todas as mudanças surtiram efeito. Vilson, substituto de Balbuena, cometeu alguns vacilos, embora não tenha comprometido. Já Luciano, que ocupou o lugar de André, brigou bastante, mas brilhou pouco, mantendo seca de gols que vem desde agosto de 2015.

É preciso também se destacar que nem tudo foi novo. Mudaram alguns jogadores do Timão (seis em relação à equipe eliminada na Libertadores) e até a formação tática, mas as ideias seguem as mesmas. Triangulações, aproximação dos laterais, jogo rápido pelo chão, marcação já a partir do campo de ataque… o “DNA” alvinegro segue o mesmo.

Na próxima rodada, já no domingo, também às 11h, o Timão enfrenta o Sport, na Ilha do Retiro, enquanto a Ponte recebe o Flamengo.

FICHA TÉCNICA: CORINTHIANS 3 X 0 PONTE PRETA

Data e horário: 26/5/2016, às 11h.
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP).
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO).
Auxiliares: Fabio Rogerio Baesteiro (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP).
Público/renda: 35.573 pagantes / R$ 2.059.8400
Cartões amarelos: Vilson (COR), Bruno Henrique, Cristian; João Carlos, Renê Júnior, Cristian (PON).
Gols: Kadu (contra), 14’/1ºT (1-0); Bruno Henrique, 21’/1ºT (2-0); Guilherme, 34’/2ºT (3-0).

CORINTHIANS: Walter, Fagner, Felipe, Vilson e Uendel (Guilherme Arana – 36’/2ºT); Bruno Henrique, Cristian, Marquinhos Gabriel, Guilherme e Giovanni Augusto (Marlone – 30’/2ºT); Luciano (André – 33’/2ºT). Técnico: Tite.

PONTE PRETA: João Carlos; Jeferson, Douglas Grolli, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Matheus Jesus (Renê Júnior – 37’/1ºT) e Ravanelli (Cristian – 19’/2ºT); Felipe Azevedo, Clayson (Thiago Galhardo – intervalo) e Wellington Paulista. Técnico: Eduardo Baptista.

Comentários

comentários