Neymar pede desculpas e admite que exagerou após eliminação

admiO atacante Neymar divulgou um texto em seu Instagram em que pediu desculpa aos que se ofenderam com sua mensagem depois da eliminação da seleção brasileira na primeira fase da Copa América Centenário, nos Estados Unidos. A nova postagem foi feita depois de seu retorno ao Brasil nesta terça-feira – ele estava em férias nos EUA.

“Meus cinco minutos no Brasil foram suficientes para perceber que meu post/desabafo no Instagram tinha tido uma repercussão negativa, gigante por aqui. O que ouvi das pessoas que me receberam no aeroporto foi que eu ‘me excedi’… Admito… Sim, eu ‘me excedi, pedi desculpas a todos os que se sentiram ofendidos é o mínimo que posso fazer'”, escreveu.

“Escrevi aquilo após o resultado do Brasil contra o Peru, e fiquei muito chateado com a eliminação e revoltado com as palavras que ouvi e li dirigidas aqueles atletas, afinal sou parte daquele grupo. Há uma minoria que também “se excede” com o microfone ou a caneta em mãos, mas como disse, é uma minoria. Mirei em meia dúzia e acertei em milhares, milhões… Acabei de ler um artigo do Renato Rodrigues, da ESPN, com o título ‘Neymar expôs o ‘nós contra eles’, que não é bom para ninguém no futebol brasileiro’. Concordo com ele. Essa discussão não é boa para o nosso futebol e sem querer caí na armadilha. A camisa amarela é muito vitoriosa e para voltarmos a vencer precisamos estar juntos e principalmente nos respeitarmos e conhecermos as dificuldades uns dos outros. E no meu post faltei com o respeito com todos, jornalistas e fãs. Agora é pedir desculpas e seguir em frente, aproveitar o restante de minhas férias e daqui a pouco começar a preparação para as Olimpíadas. É o nosso objetivo agora”, completou.

Logo depois do Brasil cair na fase de grupos da Copa América, Neymar divulgou uma mensagem em seu Instagram em que falava que “agora um monte de babaca vai querer falar m***”.

Neymar chegou ao Brasil na manhã desta terça-feira pouco antes do voo da seleção brasileira. Ele deixou o local sem falar com a imprensa. Ele não disputou a Copa América para poder disputar a Olimpíada após um acordo com o Barcelona.

A eliminação do Brasil resultou na demissão de Dunga, técnico da seleção, e Gilmar Rinaldi, coordenador. A saída do técnico foi confirmada na tarde desta terça-feira. (UOL)

Comentários

comentários